Para realmente ler as emoções, observe a linguagem corporal, não as expressões faciais!

Nós pensamos que estamos lendo expressões faciais, mas a maioria de nós deixa pistas nas expressões corporais sobre o que estamos sentindo.

São vários movimentos que entregam o que está acontecendo dentro de nossas mentes, alguns podem ser bem sutis, outros nem tanto. Movimentos, gestos, expressões faciais e até mesmo mudanças em nossos corpos inteiros podem indicar algo está acontecendo.



A maneira como falamos, andamos, sentamos e ficamos parados, todos dizem algo sobre nós, e o que está acontecendo no interior pode ser refletido no exterior.

Ao tornar-se mais consciente desta linguagem corporal e compreender o que pode significar, você pode aprender a ler as pessoas com mais facilidade. Isso coloca você em uma posição melhor para se comunicar, de forma eficaz, com todos.

Nós gostamos de pensar que podemos ler as pessoas como um livro, confiando, principalmente, em decifrar suas expressões faciais, como a forma em que as sobrancelhas se levantam levemente, ou os movimentos mínimos do canto da boca.


Mas, quando se trata das emoções mais fortes, lemos muito menos das expressões faciais do que pensamos. Na verdade, apesar de acreditarmos que é o rosto que conta a história, estamos tipicamente perdendo algo diferente:  a linguagem corporal.

Conforme se observa os outros, você pode identificar alguns sinais comuns que indicam se estão se sentindo confiantes, amedrontados, felizes ou desconfiados. As coisas típicas a se reparar nas pessoas incluem:

Postura – A pessoa está ereta ou está se retraindo?

Contato visual – Ela olha em seus olhos ou busca desviar o olhar?


Gestos com as mãos e os braços – Estão escondidos? Inquietos? Tocando algo?

Tom de voz – Rápido ou devagar? A pessoa gagueja ou fala claramente?

Bem como decifrar a linguagem corporal de outras pessoas, você pode usar esse conhecimento para transmitir sentimentos os quais você não está realmente sentindo.

Por exemplo, se você está prestes a entrar em uma situação em que não está tão confiante, como fazer uma apresentação ou participar de uma reunião importante, você pode adotar sinais de “confiança” para projetar uma imagem mais positiva.

A linguagem corporal impacta muito em como nos comunicamos, e pode refletir com precisão o que está acontecendo dentro de nós.

Isso inclui movimentos do corpo e gestos (pernas, braços, mãos, cabeça e torso), postura, tensão muscular, contato visual, até mesmo a taxa de respiração das pessoas e transpiração. Além disso, o tom de voz, e a fala também adicionam às palavras que estão sendo usadas.

É importante reconhecer que a linguagem corporal pode variar entre indivíduos, e entre diferentes culturas e nacionalidades. É, portanto, essencial verificar e confirmar os sinais que você está lendo, questionando o indivíduo e conhecer a pessoa.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Time

Direitos autorais da imagem de capa: sharpshutter / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.