Animais

Para salvar cãozinho abandonado e doente, menino coloca brinquedo à venda e emociona!

Assim que viu Rocko nas ruas, o menino sabia que precisava ajudá-lo de alguma forma, mas como vem de uma família pobre, não tinha dinheiro para ajudar no tratamento veterinário.



Quantas vezes você se sentiu sensibilizado ao ver um animal abandonado nas ruas? Quando percebe que um pequeno ser indefeso está passando necessidades, você costuma “fechar os olhos” para a realidade ou busca ajudar de alguma forma?

São poucas as pessoas que, verdadeiramente, sentem o ímpeto de parar o que estão fazendo para resgatar bichinhos adoentados e famintos.

Com a popularização das redes sociais, tudo que costumava ser muito distante de nós passou a ficar próximo de maneira que muitos nunca imaginaram.


É muito simples se aproximar de grupos que têm a ver com seus gostos, fazer parte de debates e até mesmo conhecer pessoas que passam a integrar o círculo de amizades, mas isso no mundo inteiro. As redes também mostraram a força e a potência de alguns movimentos, como exemplo, o de ajuda aos animais.

Inúmeros voluntários do mundo têm deixado clara a importância do engajamento da sociedade com a causa animal, unindo forças em diversas partes. Documentários, perfis politizados a respeito do sofrimento animal e mudanças nos hábitos rotineiros estão se espalhando cada vez mais rapidamente, o que poderia levar muitos anos sem a internet.

Não existe idade certa para ajudar um animal que esteja passando por algum sofrimento ou privação. O pequeno Mauco provou justamente isso, quando se deparou com um cachorro abandonado nas ruas próximas à sua casa. Residente em Mendoza, na Argentina, o menino colocou o nome no novo amigo de Rocko, e sua família o levou rapidamente para um veterinário.

Direitos autorais: reprodução Facebook/MLau Jorge.


Direitos autorais: reprodução Facebook/MLau Jorge.

Mas Mauco vinha de uma família pobre, e os gastos com o atendimento e a medicação ultrapassaram R$ 1.500, um valor exorbitante para eles. Não tinham nenhuma possibilidade de arcar com aquele custo, caso contrário, passariam necessidades naquele mês. Foi quando o menino teve uma excelente ideia, que mostra ainda mais o tamanho do seu coração.

A criança decidiu vender o que mais gostava, um hoverboard, ou skate elétrico, que havia ganhado pouco tempo antes. Aquele era o presente mais caro que Mauco havia ganhado, amava muito o objeto e nunca tinha passado pela sua cabeça abrir mão dele.

Nunca, até aquele momento. O pequeno sentia que a vida do seu novo amigo valia muito mais do que qualquer brinquedo que já tenha sonhado em ganhar, e acabou usando o Facebook de sua mãe Laury Jorge para oferecê-lo.


A atitude de Mauco surpreendeu a todos, e em pouco tempo sua publicação já tinha se tornado viral, mostrando o impacto de uma boa ação na comunidade. Uma mulher chamada Ruperta entrou em contato com Laury e se ofereceu para pagar todos os custos que Rocko teria no veterinário, fazendo com que o menino não precisasse mais vender seu brinquedo.

Direitos autorais: reprodução Facebook/MLau Jorge.

Mesmo sendo uma criança, é possível saber, desde muito cedo, o que é mais importante e em que devemos depositar mais tempo e energia. Reconhecer que a vida é muito mais valiosa do que objetos está entre as coisas essenciais dos seres humanos, é um valor de que nunca podemos abrir mão.


Para comemorar o aniversário de 15 anos, menina distribui comida nas ruas com ajuda da PM

Artigo Anterior

Para ajudar idoso com dificuldades a atravessar a rua, policiais param o trânsito e o carregam no colo!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.