publicidade

Para ser feliz, tem que ser livre!

Mulher, levanta esse astral. A vida lá é fora é tão linda. Tem tanta alegria, gente bonita, engraçada e engajada esperando você para conversar, para falar sobre a vida, sobre os amores e desamores, para experimentar novos sabores, para se afogar em um copo de cerveja, para dividir a mesa.



Tem um tanto em cada canto, muita música pra dançar, rua para andar e pessoas para se apaixonar.

Tente viver mais leve. Trabalhe para viver, mas não viva para trabalhar. Substitua as lágrimas  por sorrisos. Levante a cabeça  e sinta a natureza. Compre flores e alegre-se com o cantar dos pássaros. Tenha mais calma. Se desprenda do celular. Pare de calcular.

PARA SER FELIZ TEM QUE SER LIVRE - FOTO 01


Não planeje tanto. Não se preocupe com a sua conta no banco. Não transforme seus sonhos em metas. Não se preocupe em ser discreta. Não tenha medo de ser vulnerável, de mudar, se de envolver. Não julgue a si mesma e nem a ninguém. Ria, todos os dias.

Experimente coisas novas. Aventure-se. Se jogue, pule de asa dalta, bung jump ou paraquedas. Liberte-se. Não se cobre tanto. Aceite que ninguém é perfeito. Dê tempo ao tempo.

Não se preocupe em envelhecer. Saia, se atreva e se esqueça. Permita-se errar por muitas vezes. Tem muito para se  aprender, conhecer e amadurecer. É muita gente no mundo, muita coisa, muitos lugares, muito tudo.


PARA SER FELIZ TEM QUE SER LIVRE - FOTO 02

Saia dessa solidão, tire os pés do chão. Você ainda não sabe, mas você pode voar. Tire a bunda do sofá. Pipoca de microondas é murcha e comer brigadeiro de panela sozinha só faz com que você se sinta mais culpada.

Saia de casa. Para ser feliz, você precisa ser livre. Você precisa viver. Para que os outros a vejam, é preciso parar de se esconder.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.