5min. de leitura

Para ter uma vida de propósito, concentre-se no que te faz feliz

Às vezes, a nossa missão é tão somente aprendermos uma lição, como a paciência, o perdão, a perseverança, a fé, etc.



Muitas pessoas me procuram para tentar saber qual o seu propósito de vida. Pois bem, pode parecer uma verdade de La Palice, mas o maior propósito de todos nós é sermos felizes. O caminho que fazemos para chegar a essa felicidade é só nosso. Não temos de ter uma missão humanitária ou ter feitos extraordinários. Às vezes, a nossa missão é tão somente aprendermos uma lição, como a paciência, o perdão, a perseverança, a fé, etc.

As circunstâncias da vida vão criando o nosso propósito, uma vez que colocam no nosso caminho as situações certas que nos vão guiando.

Contudo, não podemos deixar de sonhar e de batalhar por aquilo que tanto desejamos. Tudo requer trabalho, esforço e paciência. Isto já é uma grande prova de perseverança e de fé. Claro que há sonhos completamente irrealistas, como ganhar o Euromilhões ou ter uma cor de pele diferente daquela com que nascemos. No entanto, podem ser irrealistas, mas não impossíveis. Com recurso ao trabalho árduo, podemos alcançar a riqueza que tanto almejamos ou, com recurso à cirurgia estética, mudar o tom de pele. Cada um sabe os sonhos que tem e cada um pode fazer os devidos julgamentos de serem passíveis ou não de se concretizarem.


Podemos mentalizar e acreditar nos nossos sonhos, mas precisamos agir para que essa realidade comece a se desenhar na nossa vida. Como disse anteriormente, tudo requer trabalho, esforço e dedicação.

O essencial para descobrirmos qual é o nosso propósito de vida é descobrir aquilo que realmente nos faz feliz. Descobrir aquilo que nos faz feliz passa também por descobrir aquilo que nos faz infeliz. O que é que faz vibrar o teu coração? Que desejo de alma pulsa dentro de ti? O que é que te diz a tua voz interior, a tua consciência?

Nem sempre descobrimos de imediato qual o nosso propósito de vida, pois essa tomada de consciência, essa descoberta interior, pode ir revelando-se à medida que caminhamos. No meu caso, demorei 30 anos a descobrir a minha missão. Sabia, desde pequena, que viria a ensinar, portanto sempre acreditei que viria a ser professora. As crianças sabem muito bem quais os anseios da alma, mas com o crescimento e com as ideias impostas dos pais e da educação acabam por se esquecer da sua missão. Então eu fiz estudos para o efeito, para ensinar, mas, ao longo desse percurso acadêmico e profissional, fui percebendo que me faltava algo muito importante, embora eu não soubesse exatamente o quê. Apenas me sentia infeliz ao fazer o que fazia, o que me deixava ainda mais frustrada, porque o meu sonho era ensinar. Estaria a ensinar a coisa certa?


Hoje, transmito conhecimentos sobre espiritualidade e sei que encontrei a peça do puzzle que faltava na minha vida. Este é, sem dúvida, o meu propósito! Pelo menos até eu sentir que assim é! Todos temos imensas dificuldades em falar sobre sentimentos ou sobre “ouvir o coração”, principalmente num mundo completamente racional e científico, mas realmente isso é fundamental para caminharmos rumo à felicidade. De outra maneira, seremos como máquinas, robôs comandados por regras e imposições de uma sociedade que se diz livre. Mas será que somos realmente livres?

Dicas para encontrares o teu propósito de vida:

1. Descobre os motivos que te levam a querer descobrir o teu propósito de vida.

2. Faz uma lista do que gostarias de fazer e descreve o teu dia de trabalho ideal.

3. Toma consciência das tuas capacidades e dons.

4. Descobre o que é mais importante para ti e usa todos os teus dons.

5. Sai da tua zona de conforto e tem coragem de viver os teus sonhos.

6. Medita diariamente sobre aquilo que te faz feliz e ouve a tua voz interior.

7. Pensa nas qualidades que mais gostas de expressar.

8. Toma nota dos momentos em que sentiste mais alegria na vida.

9. Faz uma lista dos problemas que gostarias de resolver e daquilo que te faz infeliz.

10. Sê fiel a ti próprio sem valorizares a opinião alheia.

11. Continua a sonhar e a acreditar que tudo é possível.

 

Direitos autorais da imagem de capa: Learda Shkurti/Pexels.

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.