ColunistasReflexão

Para uma mãe cheia de amor no coração, tudo em um filho tem valor especial

– Cuidado, não desça do escorrega deste jeito, porque pode se machucar.



– Leve o casaco, está frio!

– Você parece não estar se sentindo bem!

– Que cara é essa, aconteceu alguma coisa?


– Quando chegar na casa do seu amigo, me ligue, por favor!

– Você está com fome? Já faz horas que você almoçou!

– Cuidado no futebol, não se jogue no chão de qualquer maneira, a bola não é mais importante que você.


O filho: – Mãe, nunca mais fale algo que pode acontecer, porque sempre acontece o que você fala!

Nada pode ser comparável a esse cuidado, a essa telepatia de uma mãe com os filhos, nada pode ser comparado à intuição de uma mãe sobre tudo da vida dos filhos.

A mãe tem um olhar privilegiado, cheio de amor, cercado de cuidado e afeto. A dor dos filhos é a sua dor, a felicidade dos filhos é sentida como sua felicidade.


Existem os conflitos enfrentados por toda mãe na educação e na relação com seus filhos, são muitas curvas sinuosas na questão dos valores e exemplos de uma vida digna e honesta, mas as mães são incansáveis em dar exemplos de valores e honestidade aos seus filhos, em fornecer subsídios para que estes seres sob seu cuidado e proteção sejam seres humanos melhores.

Os choques de gerações podem trazer estranheza, mas as mães seguem se superando para entender um contexto às vezes complexo para elas, por não ter sido da sua geração, mas sua vontade de ser sempre amiga, uma pessoa em quem os filhos possam confiar e com quem dividir tudo as faz superar algumas coisas que não conhecem ou não entendem direito.

Tudo tem um valor diferente para uma mãe cheia de amor no coração. Tudo que uma mãe gostaria era de partilhar, compreender infinitamente, abençoar sempre seu filho, protegê-lo de todas as intempéries, de todos os males do mundo.


Cuidar para sempre, cuidar quando está no ventre, quando nasce, aos 11 anos, aos 18, 25, 50… O amor de mãe é infinito!

Mas o que uma mãe também deseja imensamente é que seu filho guarde para sempre todos os seus conselhos, todo o seu amor, e que quando ela não estiver fisicamente presente, ele possa ser independente, humano, uma pessoa boa, que seja feliz, que trate bem a todos, realize todos os seus sonhos, saiba caminhar lindamente com os próprios pés e que nunca se esqueça da sua base, da sua raiz familiar.

Filho, nunca se esqueça: eu te amo, você é o amor de todas as vidas.


Eu te dedico esta música:

Eu tenho tanto pra lhe falar

Mas com palavras não sei dizer


Como é grande o meu amor por você.

 

E não há nada pra comparar


Para poder lhe explicar

Como é grande o meu amor por você.

 


Nem mesmo o céu nem as estrelas

Nem mesmo o mar e o infinito

Nada é maior que o meu amor

Nem mais bonito.

 

Me desespero a procurar

Alguma forma de lhe falar

Como é grande o meu amor por você.

 

Nunca se esqueça, nem um segundo

Que eu tenho o amor maior do mundo

Como é grande o meu amor por você.

 

Mas como é grande o meu amor por você.

 

“Como é grande o meu amor por você” – Roberto Carlos

Mãe não é quem gera nem quem cria, mãe é quem ama

Artigo Anterior

Existem pessoas que olham para as outras e não as enxergam

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.