Para viver o arco-íris é preciso viver a tempestade

Para viver o arco-íris é preciso viver a tempestade. Mais que isso, é preciso amar também os momentos de chuva, porque amar somente os momentos felizes é muito fácil.

Quando sabemos lidar de forma leve com os acontecimentos mais difíceis de nossa rotina, a vida se torna mais simples e essa energia que transmitimos deixa cada vez mais o céu limpo.

Sem nuvens carregadas em cima de nossa cabeça, nós pensamos com mais clareza.

Quando estamos felizes, tudo flui, tudo se completa e parece que tudo está no caminho certo em nossa vida. O grande problema é que, ao enfrentar alguma tempestade, parece que tudo à nossa volta desanda.

Nós sabemos que o que acompanha essas fortes chuvas são ventos, até raios e trovões. Assim é a vida, vamos encarar cada momento complicado como uma chuva que passará e sol voltará a brilhar.

Com certeza todos temos altos e baixos e já passamos pela situação de achar que tudo vai de mal a pior.

O ponto é que não podemos reclamar de tudo o tempo inteiro, não podemos problematizar cada situação o tempo inteiro. Tentar encontrar algo bom em cada situação mesmo que pareça impossível é nossa maior lição nos dias de hoje.

Grandes desafios nos esperam pela frente sem dúvida, mas vamos tentar sorrir para cada um deles. Vamos entender como lição, que é possível aprender algo novo sempre com cada momento.

Busquemos outra perspectiva. A palavra chave para tudo isso é mudar suas perspectivas sobre as coisas, sobre os acontecimentos que nos chateiam. Buscar transformar nossas respostas em relação a esses fatos.

É possível aprender a nadar em uma enchente, é possível amar os trovões da rotina e os raios que muitas vezes machucam. Para mudar a perspectiva é preciso nos transformar. A grande questão é… quanto estamos dispostos a transformar nossas vidas?

Estamos realmente prontos ou reclamar de tudo e procurar responsáveis e justificativas é mais fácil? Quando a água entrar, vamos boiar ou vamos dar braçadas contra a correnteza?

Queremos tanto o arco-íris e seu pote de ouro que esquecemos o que é mais necessário para ele aparecer: a chuva. Queremos tanto as alegrias e bons momentos que não lembramos que que os desafios e problemas são necessários também. A tristeza nos deixa a um passo da alegria. Vamos todos nos forçar a ter uma perspectiva diferente desses acontecimentos no dia a dia, vamos olhar por outro ângulo.

O vidro que por fora parece tão escuro com sua película, visto por dentro deixa tudo claro e transparente.

Vamos sair e nos molhar se for preciso, mas vamos tentar comemorar cada acontecimento.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / alexkich



Deixe seu comentário