Para você que é filha e cuida de seus pais… feliz Dia das Mães!



A mãe da mãe é a filha que bruscamente viu sua mãe ficar aos seus cuidados.

A mãe da mãe é aquela que abdica uma fase de suas vidas para cuidar daquela que tanto cuidou. Seja por obrigação ou opção.

A mãe da mãe é a filha que, às vezes, surta por não saber como cuidar de uma filha adulta, cheias de vontades, moldada pela vida, pelos traumas.

Ser mãe de uma criança é ajudar a desenvolver um ser humano. Ser mãe da mãe é pegar um ser humano já formado e cuidar.

O conflito de gerações existe.

A mãe diz: “Na minha época isso não era tão caro.”

A mãe da mãe diz: “Naquela época… os tempos mudaram!”

Ser mãe da mãe é preocupar-se com médico, examinar o corpo da mãe todos os dias para ver se não há uma escara escondida, dar banho, perfumar, brincar.

Afinal, a medida que os anos passam e nossos pais envelhecem, eles pedem de nós mais atenção, como um bebê.

Ser mãe da mãe é entender o que sua mãe quer com o olhar, assim como um filho.



Ser mãe da mãe é como ser mãe de criança: você aprende uma coisa nova todos os dias.

Mas uma criança vai crescendo, uma mãe vai convalescendo. Então, sabemos que os dias com essa pessoa diminuirão.

Ser mãe da mãe é sentir-se filha. É retribuir. É aprender a cada dia. É relevar. É agradecer. É surtar. É aprender a ser mais humano.

Você que é filha e cuida de seus pais, feliz Dia das Mães!

Feliz Dia das Mães a todas as mães!


 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF/vadimgozhda

 






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.