ColunistasComportamento

Pare de classificar as pessoas segundo seus critérios. é preciso calar o preconceito, é preciso transbordar o amor.

Preconceito2 site

Amar é deixar inundar o deserto, é ir de peito aberto em busca do que seduz. Amar é deixar fluir, é explodir em luz. É mirar o alvo. Amar é correr o risco de ser salvo.



Esse terreno do amor é delicado, é terra firme mas sujeita às inundações, às erosões ou a ser deixada às intempéries, como um deserto.

Amor precisa ser cuidado, doado, sem discriminações de qualquer espécie, sem julgamentos ou críticas. Amor é energia que se manifesta e se expressa com gestos, palavras, olhares, abraços, aconchego, carinho.

Preconceito é sempre o espinho nesse caminho. Preconceito é julgar imperfeito aquilo que você vê, mas tudo depende do seu jeito de olhar, porque se você pensar, vai ver que o mundo é um espelho que reflete sua pureza, sua beleza, sua feiura ou formosura.


Só existe preconceito quando você compara. Na verdade, não existe melhor nem pior, maior ou menor, nesse mundo que se iguala.

Preste atenção, existe apenas amor ou não, em cada olhar, em cada gesto, em cada brecha, em cada vão.

E agora? Ainda vai mandar embora, vai despachar, debochar, perseguir, excluir? Que tal acabar com isso e assumir o compromisso de mudar o enfoque, o toque, o foco, a foto, a ótica se preciso for.

É preciso calar o preconceito (esse sim imperfeito), é preciso transbordar o amor.


Preconceito, por que compactuar com esse engano? Eu até tento entender esse fenômeno antigo, mas não há desculpas para persistir no erro de excluir ou menosprezar uma pessoa por ela não caber no seu conceito do que é belo, inteligente, aceitável, dentro dos padrões. De que padrões? Da sua insanidade?

Todos merecem uma oportunidade, um amor, uma sincera amizade, um trabalho, viver com dignidade, todos merecem ser livres de julgamentos ou de expressões de desagrado, todos querem ter direito ao seu espaço, seja na rua, em casa, escola, teatro, cinema, diversão sadia, alegria, seu direito sagrado de liberdade, de ir e vir, sem dor ou sofrimento, por favor.

Pare de classificar as pessoas segundo seus critérios, pare de ser duro ou até cruel quando usa as palavras, enxergue que o outro também sente e sofre como você.

Se o outro é portador de alguma síndrome ou doença, ajude, minimize sua tristeza, seja quem ele/ela for. Se tem qualquer preferência de gênero, respeite, isso é um direito inerente ao nascimento. Se uma pessoa é feia para o seu olhar, não olhe e se olhar olhe em estado de papel em branco, nenhum histórico, nada escrito, porque o outro pode também não achar você a oitava maravilha do mundo. Beleza é subjetiva, quando seu interior é belo, isso reflete para o exterior e todos percebem. Se a pessoa não se cuida, não julgue nem tire conclusões precipitadas, as vezes ela não tem condições no momento para ter uma aparência impecável.


Siga sua vida, use seus conceitos para você, se achar que pode contribuir com algo, faça a aproximação, mas esqueça o não, essa negação que você usa como uma barreira para afastar a pessoa que você acha estranha, não só de você, mas dos outros seus conhecidos, do seu grupo social, da vida que você entende por “normal”.

Amar as pessoas é muito fácil, basta sentir que cada uma delas é uma parte de você, aquela parte que ainda está vazia.

Paz, amor ou felicidade não são objetos que fazem parte de um jogo e que valem pontos, são a devolução feita pelo universo, dos bônus que você dá ao longo da vida.

Que a sua seja farta e livre de arrogância, porque somos todos um e reflexos uns dos outros, sob a luz divina. Essa luz, às vezes, cega, às vezes queima, distorce ou ilumina. Tudo depende do brilho e da retina.


______

Direitos autorais da imagem de cpa: luckybusiness / 123RF Imagens

Tudo segue um plano divino. Nada se encontra fora de controle… nunca esteve!

Artigo Anterior

Se seu filho está distante e a saudade aperta, zele por ele com essa oração

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.