4min. de leitura

Pare de correr atrás de quem não o valoriza. Afaste esses relacionamentos unilaterais de sua vida

Você tem ou já teve algum relacionamento em sua vida, seja amizade, relacionamento romântico ou familiar em que a outra pessoa era completamente alheia a você? Não se preocupava e nem fazia questão de dedicar um tempo para estar ao seu lado?


Você já se pegou doando muito mais do que recebia e até mesmo mendigando um pouco da atenção da outra pessoa?

Infelizmente, muitas vezes esse comportamento é normal. Quando amamos demais outra pessoa, podemos nos sentir tentados a ignorar todos os seus comportamentos egoístas e tóxicos em nome do sentimento que nutrimos por ela. Condenamos os mesmos comportamentos em outras pessoas, mas quando provêm delas, damos “uma colher de chá”.

Esse comportamento, por mais altruísta que possamos acreditar ser, na verdade apenas faz mal para nós mesmos. Isso porque expressa, de alguma maneira, que estamos felizes sendo maltratados ou não amados.

Trabalhe dentro de si mesmo para conter essa necessidade constante de correr atrás das pessoas que não o valorizam, nem o seu tempo. Ao invés disso, dedique-se a cuidar mais de si mesmo, a se tornar melhor a cada dia e conquistar a vida ideal para si mesmo. Se uma pessoa não se esforça por você, é porque não quer estar em sua vida, e você não merece nada menos do que reciprocidade.



Para ajudá-lo a afastar esses relacionamentos unilaterais de sua vida, mostramos abaixo alguns sinais de que você está perseguindo pessoas que não estão interessadas, o que prejudica seu amor-próprio e autoestima.

1. Você corre atrás dessa pessoa até se sentir escolhido por ela, mesmo sabendo que este sentimento será apenas temporário.


2. Depois de passar tempo com a pessoa da qual deseja reconhecimento, amor e cuidado, sente-se ansioso e não se acalma até receber algum sinal, mesmo falso, de que ela se importa com você.


3. Você muda toda a sua vida, abrindo mão de coisas importantes e especiais para você apenas para estar com essa pessoa e convence a si mesmo de que essa é a melhor escolha que pode fazer.



4. Ao invés de se concentrar em sua própria vida, você passa todo o seu tempo pensando no que a outra pessoa está fazendo, e desejando que ela estivesse com você.


5. Depois de se encontrar com essa pessoa, você não se sente realmente feliz. Talvez surja um pequeno e temporário sentimento de alegria, mas nem de perto se compara a como você fica quando está com pessoas que sabem que o amam verdadeiramente.


Entenda, aprender a valorizar a si mesmo e seu próprio tempo é fundamental, porque as pessoas nos tratam como tratamos a nós mesmos. Se nem você mesmo se enxerga como prioridade, por que outra pessoa o faria?

Nunca desfavoreça a si mesmo por outra pessoa, pois ao amar-se e apoiar-se, não importam as situações da vida, nunca precisará perseguir outro alguém.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: captblack76 / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.