3min. de leitura

Pare de me chamar por adjetivos!

Percebo que algumas pessoas com tamanho medo da verdadeira intimidade, mascaram com adjetivos, mulheres e homens para, inutilmente, sentirem que estão íntimos, mas sabemos que não é assim!

Quantas vezes ouvimos um “linda (o)”, “gata (o)” e sabemos que isso somente nos torna genéricos, quase não humanos e prontos para entrar numa lista de pessoas que querem nos tratar como coisa?



Um belo dia você acorda com um “bom dia, gata (o)”… e qual a única coisa que você pensa? Poxa vida! Para quantas gatas (os) foi este bom dia?

Em meus pensamentos vêm coisas do tipo: será que não lembra meu nome? Vamos deixar acontecer né?

Mas existem pessoas que levam relacionamentos assim e passam a tratar realmente a pessoa como uma coisa e perguntamos…o que mudou?


Nada! Continua generalizando o outro e, com isso, não cria intimidade, aquela verdadeira… e daí descarta, pois existem tantas (os) lindas (os) carentes pelo mundo!

Hoje em dia, penso eu, que intimidade é chamar pelo nome e, aos poucos, a verdadeira intimidade se incorpora no casal e qualquer “gatinha” é tão delicioso de se ouvir que arranca suspiros…

Pois se a conquista foi de adjetivos genéricos, fica tão vago, que o momento que seria correto colocar um adjetivo de linda, fofinha, gatinha, e por aí vai, já foi gasto para todas as tentativas e pessoas diferentes!

Sentimos isso… somos energia, lembra? Aquela sensação de ser vago fica na intenção da pessoa!


Eu me interesso e dou muito valor para aquele homem (mulher) que me chama de pelo meu nome! Tão lindo, que tenho vontade de descobrir mais e mais!

Por um momento em que alguém queira conhecê-lo de verdade e respeitando, começando pelo nome… parece bobeira, mas temos personalidade e por esse motivo… o genérico não combina.

Fica claro que os adjetivos são usados principalmente por pessoas que falam com várias pessoas e acham que faz parte da conquista.

A arte da conquista se torna bem banal assim, pois, por que conhecer a particularidade de cada um? E para que, não é? Isso seria tão íntimo!

Mas ainda querem levar as “gatas” para casa, mas sem intimidade, claro!

_____________

Direitos autorais da imagem de capa: baranq / 123RF Imagens

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

* Matéria atualizada em 27/12/2017 às 4:00






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.