4min. de leitura

Pare de procurar por um grande amor, ele está mais perto do que você imagina!

Não vale a pena sofrer por um grande amor. Se nos faz sofrer não é um grande amor e sim um equívoco. O amor não faz sofrer.

Muitas vezes falamos que estamos sofrendo por amor, deveríamos falar que estamos sofrendo por falta de amor.



Quantas dores e sofrimentos poderiam ser evitados, se muitas pessoas tomassem consciência de que o amor é um estado de leveza, é sentir-se seguro, alegre e não preocupado o tempo todo.

Se você precisa ficar monitorando o celular da pessoa amada ou se fica insegura (o) quando seu grande amor vai sair sem você, é chegada a hora de olhar para o seu relacionamento de um modo diferente, confiança é tudo em um relacionamento.

Quantas lágrimas você já derramou pelo seu grande amor? Quantas dores você já sentiu em nome desse amor? Já se sentiu humilhada, maltratada, esquecida ou em segundo plano?


O amor não faz chorar, não faz ninguém se sentir humilhado não maltrata. O amor cuida, o amor se importa, o amor é lindo, mas cuidado, muitas vezes confundimos outros sentimentos com amor.

Ciúme exagerado é falta de confiança e muitas vezes o relacionamento só continua por comodidade e por acreditar que se você sente ciúme, então você está amando ou mesmo o contrário, você pode crer que se seu companheiro (a) sente ciúme de você, é sinal de que a ama, mas pode ser simplesmente falta de confiança ou insegurança. Não confunda com amor.

O medo de perder também não pode ser confundido com amor, pode ser apenas carência. A pessoa muitas vezes se contenta com migalhas e acaba sofrendo mais do que se estivesse só.

O medo de ficar só é um combustível perigoso e a pessoa carente pode acabar aceitando qualquer tipo de relacionamento, e, pior ainda, acabar acreditando que é amor.


Cure sua carência antes de querer viver um grande amor. É preciso viver bem consigo mesmo(a) e só então poderá viver em paz com outra pessoa.

Se o seu grande amor machuca, humilha e nos faz sentir desconfiados, inseguros, incapazes e ainda assim aceitamos esse relacionamento, então estamos amando mais o outro do que a nós mesmos. Quem não tem como grande amor a si mesmo, não tem como amar de forma grandiosa outra pessoa e acaba por aceitar relacionamentos que fazem sofrer.

Seja o grande amor de sua vida, não aceite migalhas e se for preciso ficar só por um tempo para fazer uma autoavaliação e se curar de dores de amor, fique só, conheça-se, cure-se e acima de tudo AME-SE.

Com toda certeza, depois disso você estará prepadado(a) para viver um grande amor com outra pessoa, e mais ainda estará preparada (o) para ser amado(a) por outra pessoa.

Não fique à procura do grande amor, ele só aparecerá depois que você se amar de forma grandiosa.


Direitos autorais da imagem de capa: Amy Humphries on Unsplash

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

* Matéria atualizada em 14/11/2018 às 9:16





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.