Pare de propagar coisas ruins nas redes sociais! O mundo não precisa disso!

Você já ouviu falar em egrégora?

“Egrégora, ou egrégoro (do grego egrêgorein, «velar, vigiar»), é como se denomina a força espiritual criada a partir da soma de energias coletivas (mentais, emocionais) fruto da congregação de duas ou mais pessoas”. A grosso modo, é a mente coletiva.

Segue um exemplo bem pessoal. Neste final de semana vi um vídeo na Internet que me chocou muito. Em seguida, fui olhar o Instagram do responsável pelo material, ler os comentários… quando vi, lá se foram muitos minutos dando atenção aquilo.

No dia seguinte, mais matérias sobre o tema, e lá fui eu de novo para a rede social olhar os comentários e tudo referente ao vídeo.

Logo depois, fui conversar com um amigo, e olha só: eu estava totalmente absorvida por tudo que li. Raiva, tristeza, ressentimento. Exatamente o contrário do que vivo e prego.

Ou seja, eu entrei naquela “egrégora”. 

Por mais que você esteja atento, você está suscetível. Tudo que você focaliza a atenção, cresce. Seja para o bem ou para o mal. Note que foram quase 24 horas da minha vida dando atenção a um assunto que poderia ter acabado em 30 segundos, mas optei por propagar o que estava sentindo para outras pessoas, incluindo-as na mesma egrégora.

Meu amigo, por sorte, fez diferente: “Não assisto e não replico esse tipo de coisa. Não dou atenção”, respondeu ele. E é assim que costumo agir normalmente. Este  foi um alerta importante.

Já que podemos propagar coisas boas, por que não fazemos? Porque estamos nos deixando levar pela multidão que só fala em guerra, violência, ódio, vingança?

Propague amor. Seja amor. Tenha humildade para admitir que errou e corrigir. Não julgue, mas faça diferente. O mundo precisa de mais pessoas que façam isso. Eu topei, e você? 

_____________

Direitos autorais da imagem de capa: gstockstudio / 123RF Imagens



Deixe seu comentário