publicidade

Pare um segundo para regar a sua “planta”. O que não é cultivado, não dá frutos!

Cultivar algo significa ter paciência para “plantar”, “regar”, “adubar” e cuidar muito, para só após se colher os frutos – e em meio a todo esse processo, além de um cuidado minucioso, existe ainda a necessidade de acreditar (ter fé) que o fruto será realmente produtivo.

O som do desesperador nunca tocou tão rápido, as datas no calendário nunca foram tão “apertadas” e talvez, nem às sextas-feiras e férias tão esperadas quanto hoje. Datas e horários são detalhes os quais pensamos incessantemente e, em meio aos “segundos contados”, na maioria das vezes, não aproveitamos nada, por querermos aproveitar tudo.



Vivemos tentando nos convencer de que “tudo tem o seu tempo certo”, repetimos essa frase a todo momento, mas não porque acreditamos nela, e, sim, para tentarmos nos convencer que existe verdade nesta afirmação. E existe! Porém, não estamos dispostos a esperar por esse tal “tempo certo”, queremos resultados acontecendo – hoje, aqui e agora – e por vezes deixamos de viver bem.

Pressa, pressa e mais pressa. Cobramos resultados positivos, no entanto, estamos mergulhados em uma geração que não quer se desgastar com o “cultivo”.

Cultivar algo significa ter paciência para “plantar”, “regar”, “adubar” e cuidar muito, para só após se colher os frutos – e em meio a todo esse processo, além de um cuidado minucioso, existe ainda a necessidade de acreditar (ter fé) que o fruto será realmente produtivo, pois existe a possibilidade de não dar certo.

Bom, mas além de presa estamos envoltos também em uma incessante busca pela perfeição, aquilo que se encaixe satisfatoriamente a nós e nos mantenha no comodismo.


Mas, calma lá! Primeiramente precisamos rever um detalhe: não existe nada e ninguém perfeito. Ok? Partindo desse princípio podemos prosseguir.

Se não existe a perfeição pura e plena e se as coisas boas da vida só conquistamos a partir do “cultivo”, estamos fazendo tudo, ou quase tudo, da forma errada, não?

Talvez até agimos da maneira correta, mas na velocidade errada. Não podemos negar que a vida é corrida, isso é normal. O que quero dizer é que se vivemos dias corridos, precisamos priorizar o que merece um pouquinho mais da nossa atenção. E dar atenção significa DAR ATENÇÃO (com qualidade) e não apenas dedicar tempo – o que no caso significa desperdiçar tempo.

Bom, o primeiro passo para conseguirmos nos organizar em meio a uma vida agitada é compreender que tudo em nossa vida é IMPORTANTE, porém precisamos separar o que é importante daquilo que é e ESSENCIAL. Essencial é o que precisamos resolver agora. E importante é tudo que pode ficar para depois.


E sim, muita coisa pode ser feita depois, e isso não é falha, mas, sim, aproveitamento. Afinal, planta que não é cultivada, não dá frutos!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: ivankoivanko / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.