publicidade

A partir de hoje, crie expectativas apenas consigo próprio, com mais ninguém!

No Moustache: Expectativas!



E quando crias expectativas?

E quando aquela pessoa “desaparece”? E quando de repente já não diz nada?

E quando tens de seguir em frente?

Sim, mudares tudo, dares uma volta, ir em frente sem olhares para trás. Porquê?


Porque já não há nada, nem uma mensagem de “Bom dia” que te colocava o sorriso nos lábios pela manhã, que te fazia teres força para mais um dia, nem as longas conversas que duravam horas e horas durante dias, nem o “deixa-me ver-te” que tanto ansiavas. De repente nada. Um vazio!

a-partir-de-hoje-apenas-crie-expectativas-capa-e-dentro


E tu?

Completamente destroçada por dentro, com uma dor no peito cada vez que respiras, com as memórias e lembranças que não param de vir à cabeça, com as lágrimas quase a escorrer mas que seguras com toda a tua força e com um “sorriso capa” no rosto para não demonstrares nada do que estás a sentir.

Porque afinal acreditaste que ele era o tal, que o príncipe encantado até existia, que um grande amor estava ali, que finalmente estavas a viver um belo romance como os de Nicholas Sparks. Aquele amor que por tanto ansiavas, aquela pessoa que sempre idealizaste, finalmente tinhas encontrado. Mas olha… desapareceu. Do dia para o outro. De repente nada!

E o que ainda te agarra a ele?

O acreditares! O teres aquela certeza que era ele. É isso que te destrói.

Sabes que vais ter outras oportunidades, que vais conhecer pessoas fantásticas e que até vais ter pena de não te apaixonares por elas como te apaixonaste por ele. Porque não são ele.

E sabes o que te dói?

Não a atitude dele de ter desaparecido sem dizer nada. Mas sim a expectativa que tu criaste, os sonhos que sonhaste que seriam possíveis, aquilo que idealizaste, o sorriso que tinhas na cara cada vez que por momentos conseguias sentir o cheiro dele. É isso que te dói!

E agora?

E agora podem passar os tipos mais bonitos deste universo à tua frente, as pessoas mais interessantes, podem-te dizer as mais belas poesias de amor… mas não são ele!

Agora resta-te aprenderes a viver com tudo isso, a seres forte (porque o és), a levantares a cabeça, a focares-te nas coisas boas que a vida te deu, a construíres algo novo, a realizares aquele projeto que tanto ansiavas, a voltares a seres tu. Sim porque em tantos momentos deixaste de seres tu, tiveste que viver numa farsa forçada na esperança que ele algum dia decidisse ficar contigo. Foste ingénua! Não! Foste romântica!

Pois tu acreditas no amor e na sinceridade, quando a maior parte nem sabem o que isso significa. E foi o que aconteceu com ele. Mas não o culpes, porque a culpa foi tua. Tu não podes querer que todas as pessoas falem a verdade como tu falas, sejam honestas como tu és, acreditam que o amor existe como tu acreditas, sejam fieis como tu. Não podes criar expectativas porque é isso que te destrói.

A partir de hoje em diante apenas cria expectativas contigo própria e com mais ninguém. Porque ninguém é como tu. Cada um é único.

Quanto a ele?

Fala-lhe sempre com um sorriso nos lábios, não lhe guardes magoas ou rancor, afinal tu ainda o amas, e provavelmente foi o amor da tua vida. Portanto trata-o bem, com amor, mas mantem uma certa distancia para não te magoares. Apenas por isso, para não te magoares.

Protege-te!

Porque tu mereces mais, mereces muito mais!

Acredita que mereces!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.