Pessoas inspiradoras

Passageiros fazem vaquinha durante voo para ajudar mãe que viajava com bebê doente

Um bispo iniciou uma corrente de solidariedade que fez com que vários passageiros doassem dinheiro para Sirlândia e seu filho. Eles viajavam com ajuda social para a criança realizar uma cirurgia.



A solidariedade é uma força que, quando atinge as pessoas, cria fortes correntes baseadas no amor ao próximo e no apelo à cidadania. Viver em comunidade é saber que, no mundo atual, a desigualdade social atravessa famílias de formas diferentes, tornando umas mais vulneráveis que outras.

Sabemos que, para que isso mude, muita coisa tem que ser colocada em xeque, muitas reformas têm de ser feitas e muitas pessoas precisam perder privilégios. Nossa nação é composta majoritariamente por mulheres negras que, por coincidência – ou não –, são as mais atingidas pela pobreza e pela fome.

Um vídeo compartilhado no Instagram mostra uma corrente de solidariedade durante um voo entre Campinas e São José do Rio Preto, em São Paulo. Com mais de 250 mil visualizações, as imagens mostram o momento em que o bispo Alex Pontes, de 39 anos, pede que os passageiros doem dinheiro a uma mãe e seu filho, que estavam no mesmo voo.


Sirlândia Dias Pereira tinha saído do interior do Mato Grosso, em Araputanga, para que seu filho fizesse uma cirurgia cardíaca no Hospital da Criança e Maternidade (HCM), que fica a 450 quilômetros da capital paulista.

Caleb, que na época tinha apenas 9 meses, sofria de insuficiência cardíaca e precisava do procedimento com urgência.

Quando Alex entrou na aeronave, logo percebeu que Sirlândia viajava sozinha, com seu filho, e iniciou uma conversa. Ela contou sua história e falou sobre o principal motivo da viagem. Em entrevista à Crescer, o bispo explica que ele e sua esposa, a pastora Jeiza, sentaram-se atrás da mãe, e perceberam que o bebê era bem magrinho.

Depois que a aeronave decolou, Alex teve a ideia de mobilizar os passageiros para ajudarem aquela família da forma que pudessem. Quando Caleb foi mamar, o bispo reparou que ele fazia um barulho de quem não estava conseguindo respirar direito, foi quando ele pediu autorização aos comissários de bordo para passar o recado.


 




Ver essa foto no Instagram



 

Uma publicação compartilhada por Pastorajeiza (@pastorajeiza)

No vídeo, é possível perceber que Alex explica que Sirlândia estava viajando porque tinha recebido ajuda de uma assistente social, e o tratamento de saúde de seu filho havia sido custeado integralmente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O principal objetivo da vaquinha era conseguir qualquer valor para que a mãe conseguisse ficar em São Paulo de forma mais confortável, pagando suas despesas da melhor forma, enquanto Caleb precisasse ficar hospitalizado.

O mutirão deu certo, os passageiros juntaram R$1.568 e U$$100 (equivalente a R$568) para ajudar a família. Sirlândia não esperava a ajuda, e afirma que veio diretamente de Deus. Quando a aeronave pousou, outros passageiros ainda procuraram a mãe para ajudá-la.

Alex acredita que sempre devemos incentivar as pessoas a serem anjos na vida de alguém. Ele ainda revelou que foi ao hospital, Caleb já havia operado e corria tudo bem, mas não tinham previsão de quando receberia alta.

O que você achou dessa linda iniciativa?

Comente abaixo e compartilhe nas suas redes sociais!

Mãe é diagnosticada com câncer terminal e filho junta dinheiro para fazer a viagem da sua vida!

Artigo Anterior

Depois de maus-tratos, cãozinho é adotado e nova família o ajuda a aprender a amar!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.