Comportamento

Pastor que “profetizou” o apocalipse e induziu fiéis a lhe pagarem por vaga no “paraíso”, foge com dinheiro

pastor que profetizou o apocalipse e induziu fieis a lhe pagarem por vaga no paraiso foge com dinheiro

Caso aconteceu na Colômbia, o paradeiro do pastor ainda é desconhecido. Entenda!



Cristãos de uma província colombiana estão passando por uma situação muito complicada após serem enganados pelo líder de sua igreja.

Segundo matéria do MSN, o pastor Gabriel Alberto Ferrer deu um grande golpe dos fieis paroquianos após “profetizar” falsamente o fim do mundo e comandar que realizassem uma série de atividades para que pudessem ser levados ao “paraíso”.

Entre as atividades propostas pelo pastar estava venderem todos os seus bens materiais e entregarem o dinheiro a ele, para que pudessem garantir sua entrada no paraíso através de Jesus, antes que o mundo acabasse.


De acordo com o Ferrer, o apocalipse aconteceria no dia 28 de janeiro, mas o “evento” nunca aconteceu, e os fiéis começaram a ficar preocupados, já que muitos tinham se desfeito de todo o seu dinheiro e até mesmo pedido demissão de seus empregos, acreditando a promessa de salvação.

Os paroquianos foram até a igreja para conversar com o pastor e perguntar-lhe o que havia acontecido, e se surpreenderam ao perceber que ele havia sumido.

Segundo a matéria, alguns fieis chegaram a cometer suicídio por medo do fim do mundo. Sem nenhuma novidade sobre o pastor e convivendo com a incerteza do que acontecerá com suas vidas depois de terem aberto mão de todas as suas seguranças na terra por conta de uma enganação, os paroquianos resolveram procurar ajuda.

Sentindo-se completamente enganados, eles decidiram recorrer ao prefeito da cidade de Sabanalarga, onde vivem, Jorge Luis Manotas, para buscar ajuda. Também se dirigiram ao Ministério Público, para buscar esforço para descobrir onde se encontra o pastor Gabriel Alberto Ferrer.


A situação dos fiéis da cidade rapidamente se espalhou pela internet, e deixou muitas pessoas indignadas com a atitude de desonestidade do pastor, e também com a facilidade dos paroquianos de acreditar em seu discurso.

Alguns usuários das redes sociais que souberam do caso chegaram a compará-lo com um episódio de Os Simpsons, em que a família se envolveu com uma seita liderada por um suposto religioso, que os roubou após também fazer uma false previsão do fim do mundo.

O pastor já foi professor de literatura da Universidad del Atlántico.

Qual sua opinião sobre esse caso? Acredita que a responsabilidade maior do ocorrido é do pastor, por ter enganado os paroquianos, ou dos fiéis, por terem confiado cegamente nas palavras do líder da igreja?


Comente abaixo e compartilhe o texto em suas redes sociais!

Criança de 5 anos com câncer espalhado pelo corpo conseguiu se curar: “Ele é nosso milagre”

Artigo Anterior

“Nós vamos gerar bebês em ventres artificiais em uma década”, dizem cientistas

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.