Notícias

Duas semanas antes de ser hospitalizada, pastora avisou Paulinha sobre visões de morte

Foto: Instagram
Pastora avisou Paulinha Abelha sobre morte

A pastora contou que se encontrou com a cantora poucos dias antes dela ser internada, depois de um sonho que a orientava buscar por ajuda.

O Brasil inteiro acompanhou chocado a notícia de que a cantora Paulinha Abelha, de apenas 43 anos, estava internada em estado grave depois de passar mal enquanto estava em São Paulo, no dia 11 de fevereiro. Com um quadro de insuficiência renal, em questão de dias, a situação se agravou ainda mais, fazendo com que fosse transferida do Hospital Unimed para o Hospital Primavera, em Aracaju.

No dia 17 de fevereiro, a equipe médica anunciou que a cantora estava em um quadro de coma profundo, precisando de ajuda de aparelhos e de hemodiálise. Sob muitas especulações, familiares e colegas de profissão precisaram falar publicamente que ainda era cedo para falar de morte cerebral, e que tampouco tinha infecção bacteriana grave.

No dia 23 de fevereiro, em decorrência de um quadro de comprometimento multissistêmico, Paulinha Abelha faleceu em Aracaju, Sergipe. O agravamento aconteceu rapidamente, causando lesões neurológicas irreversíveis, que acabaram sendo confirmadas depois de exames clínicos específicos, confirmando a morte cerebral.

Em reportagem ao Metrópoles, a pastora Renallida Carvalho disse que cerca de duas semanas antes de Paulinha Abelha ser hospitalizada, ela foi até sua casa em busca de orientação depois de ter tido um sonho revelador. Segundo ela, o encontro aconteceu de maneira rápida, em João Pessoa, na Paraíba, no dia 30 de janeiro.

2 Duas semanas antes de ser hospitalizada pastora avisou Paulinha sobre visoes de morte

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @paulinhaabelha

A vocalista do Calcinha Preta estava acompanhada do marido Clevinho Santos, e mais dois amigos, e Renallida conta que Deus se revelou desde o momento em que chegaram. Como o casal tinha se afastado da relação espiritual, a pastora explica que eles aceitaram o convite para “voltar para Jesus”. Eles começaram a fazer orações, e a religiosa explica que começou a ver “uma cova” diante da cantora.

A pastora explica que Deus passou a fazer alertas, pedindo que Paulinha cuidasse de sua saúde física, e ainda que ela tocasse a barriga da fiel. Segundo Renallida, ela tinha a procurado porque tinha o sonho de ser mãe, e que tinha sonhado com Deus pedindo que fosse atrás da pastora em busca de orientação.

3 Duas semanas antes de ser hospitalizada pastora avisou Paulinha sobre visoes de morte

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @renallidaoficial

Renallida ainda disse que Paulinha não se queixou em momento algum de dores, mas que durante a revelação, confirmava tudo o que estava sendo dito. A cantora ainda sugeriu que as duas gravassem uma música juntas, marcando uma importante parceria musical, mas depois dessa noite, as duas não falaram mais sobre o assunto. Segundo a pastora, elas trocavam mensagens e a vocalista do Calcinha Preta dizia que as revelações tinham sido uma “bênção”.

Morte de Paulinha

Depois de muita especulação a respeito da tentativa de emagrecimento e uso de remédios diuréticos, laudo médico oficial sobre a morte da cantora saiu no dia 31 de março. Segundo reportagem da CNN, a cantora morreu de infecção do sistema nervoso central, e o documento ainda revela que as lesões renais não possuem nenhuma relação com o uso de medicamentos.

“Exames realizados (Liquor) evidenciam uma infecção em Sistema Nervoso Central, com a celularidade demonstrando a hipótese diagnóstica de uma Meningite”, explicava o laudo. Além disso, a equipe médica ainda afirmou que não tem como saber se a busca antecipada por ajuda médica teria algum impacto positivo no quadro da doença da cantora, mesmo que seja de suma importância que os pacientes sempre busquem atendimento médico o quanto antes.

4 Duas semanas antes de ser hospitalizada pastora avisou Paulinha sobre visoes de morte

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @clevinhooficial

A evolução da doença da cantora aconteceu rapidamente e de maneira incontrolável, e o óbito aconteceu por conta da infecção do Sistema Nervoso Central, sem nenhuma relação com intoxicação exógena de medicamentos. O parecer médico foi realizado depois que o marido da cantora fez o pedido.