Comportamento

“Pedro Scooby é o maior erro de escalação da história do BBB”, opina jornalista

Capa Pedro Scooby e o maior erro de escalacao da historia do BBB opina jornalista

A falta de compromisso com o jogo do surfista foi criticada também pelos telespectadores do “Big Brother Brasil” e até mesmo por pessoas que estão no confinamento junto com ele.

Que o “Big Brother Brasil” é um fenômeno da televisão, não podemos negar. O reality show da Rede Globo conseguiu a proeza de se reinventar depois de mais de 20 anos no ar, e com as novidades que foram inseridas na edição de 2020, com a adição de personalidades da mídia no elenco do programa, que até então era sempre composto por anônimos, o programa colecionou recordes de audiência, ofertas de anunciantes e engajamento do público; o paredão entre Manu Gavassi e Felipe Prior na edição daquele ano quebrou um recorde mundial de votações em reality shows, ultrapassando a marca de um bilhão e meio de votos.

Na edição seguinte, não foi diferente. Há quem diga, inclusive, que o “BBB 21” foi o maior marco da história do “Big Brother” até então, com os acontecimentos da casa e seus participantes repercutindo por muito mais tempo do que apenas os meses em que o show vai ao ar, ao vivo.

Como não se impressionar com o fenômeno Juliette Freire, que com sua narrativa na casa e carisma conquistou uma legião de fãs nas redes sociais, o prêmio milionário e é hoje uma das queridinhas da propaganda no Brasil. Fora do programa, foram vários os anúncios publicitários que ela protagonizou, além de ter uma linha de roupas inspiradas no seu estilo, uma coleção de maquiagem assinada por ela e despontar na carreira musical, com direito à ajuda de Anitta e um featuring com o dj Alok.

É seguro dizer então que depois de duas edições marcantes, as expectativas para o “BBB 22” estavam altas, mas desde sua estreia, os telespectadores têm se decepcionado com o jogo que vem sendo mostrado.

Basta uma rápida “espiadinha” nas redes sociais para perceber que, mais de um mês desde sua estreia, essa edição vem deixando a desejar aos olhos do público, que considera o atual elenco fraco, sem posicionamento e com más estratégias de jogo.

O fantasma do cancelamento já foi apontado algumas vezes como o possível vilão por trás dessa falta de compromisso dos participantes, principalmente pelos famosos, haja vista o escrutínio que os protagonistas da edição passada sofreram. Esse é o caso dos cantores Karol Conká e Projota, cuja revelação da sua face negativa na casa impactou tanto em suas carreiras, que estão até agora tentando remediar.

Um dos participantes da atual edição do jogo mais criticados por seu descomprometimento com o reality é o surfista Pedro Scooby, que já teve suas atitudes “antijogo” apontadas dentro da casa. Do lado de fora, os internautas, que na primeira semana se viram encantados com o jeito calmo do atleta, agora se irritam com a falta de vontade que o participante demonstra.

O jornalista especializado em coberturas de entretenimento, Fernando Oliveira, mais conhecido nas redes como Fefito, chegou a declarar que a escolha de Pedro Scooby para integrar o elenco do “BBB 22” teria sido a pior de toda a história do reality.

Em uma live do portal Splash, da UOL, para a qual Fefito foi convidado para falar sobre o programa junto do youtuber Lucas Maciel e o apresentador Chico Barney, a falta de dedicação à competição de Pedro Scooby foi uma das pautas discutidas. Barney declarou que acreditava que o atleta ainda estaria “boiando” dentro da casa, dizendo que parecia que tinham esquecido de contar para ele como o “BBB” funcionava antes de ele entrar na competição.

Lucas Maciel foi um pouco mais direto, dizendo que estava ficando cada dia mais claro que Scooby não queria estar na casa.

Fefito expressou de forma clara sua insatisfação com Pedro Scooby, dizendo que falta ao surfista uma experiência de “realy show da Record” antes de entrar no reality, numa referência ao fato de os realities da emissora do pastor terem a fama de ser mais agitados e com mais confusão.

O jornalista apontou ser preciso um ambiente de competição e não aonde as pessoas vão para ficar famosas ou ter maior divulgação, referindo-se a outra questão que tem desagradado ao público nesse BBB, a forma isenta de atuar dos participantes, para evitar o cancelamento e continuar nas boas graças da internet, em teoria.

Fefito finalizou dizendo que a questão que mais incomoda no surfista é sua atitude contrária ao jogo a que ele se propôs a jogar quando aceitou o convite para integrar o “BBB 22”, por isso sua presença na casa era uma das piores de toda a história do “Big Brother Brasil”.

0 %