Notícias

Pela primeira vez, mãe que deu à luz nove bebês posa com “família completa”

mae 9 bebes

Retratados todos juntos pela primeira vez: pai, mãe e os nove bebês milagrosos. Na foto, Halima Cisse, 26, que é de Mali, mas deu à luz no Marrocos, sorri orgulhosamente com seus nonuplets — cinco meses depois de serem manchetes em todo o mundo.



As crianças nasceram em maio deste ano, na clínica Ain Borja, em Casablanca, quebrando o recorde mundial anterior estabelecido pela “Octomum” Nadya Suleman. Nadya deu à luz oito bebês que sobreviveram, em 2009.

“Todos estão se dando muito bem e é uma alegria cuidar deles. Eles estão ficando mais fortes a cada dia e pode muito bem ser que eles tenham permissão para deixar o atendimento médico em tempo integral em breve, para que possamos levá-los para casa”, disse Halima, em entrevista ao MailOnline.

Os nove bebês, que foram concebidos naturalmente, nasceram pesando entre 500 gramas a 1 kg cada, quando nasceram. Eles tiveram que permanecer em incubadoras na UTI da clínica, onde foram cuidados 24 horas por dia por uma equipe de médicos e enfermeiras. Agora, todos os nove ganharam peso e continuam se desenvolvendo muito bem, por isso, logo devem receber alta para voltar para seu país natal, Mali.


Para comemorar os seis meses de vida dos pequenos no próximo dia 5, Halima e seu parceiro Kader Arby, 35, fizeram novas fotos com seus nove bebês. No retrato, os meninos Oumar, Elhadji, Bah e Mohammed VI, aparecem com macacões verdes com a palavra “irmão”.

Já as meninas Adama, Oumou, Hawa, Kadidia e Fatouma, vestem roupas rosa e azul bebê. As crianças foram retiradas das incubadoras no início de agosto. Desde então, eles foram com a família para um apartamento próximo ao hospital para que a equipe médica possa continuar a monitorá-los.

prematuros

Direitos autorais: reprodução Daily Mail.

novebebes

Direitos autorais: reprodução Daily Mail.


Lá, Halima troca incríveis 100 fraldas por dia e os alimenta com seis litros de leite. Ela admitiu que nos primeiros meses, sentia-se cansada demais para cuidar deles e passava a maior parte de seus dias dormindo. No entanto, agora, sua força está voltando.

“Dar à luz uma criança é difícil o suficiente, mas ter nove é inimaginável”, disse. “É impressionante a quantidade de trabalho que envolve cuidar deles. Estou grata à equipe médica que está fazendo todo o trabalho árduo e ao Governo do Mali por financiar isso”, completou.

Parto

Halima deu à luz por cesariana. “Enquanto os bebês estavam saindo, muitas perguntas passavam por minha mente. Eu estava muito ciente do que estava acontecendo e parecia que havia um fluxo interminável de bebês saindo de mim. Minha irmã estava segurando minha mão, mas tudo em que eu conseguia pensar era como cuidaria deles e quem iria me ajudar?”, lembra.


nove

Direitos autorais: reprodução Daily Mail.

Na época, o marido de Halima não pôde viajar para acompanhá-la devido às restrições da covid, mas finalmente chegou ao Marrocos em 9 de julho, depois de passar dez dias em quarentena. A conta da saúde até agora está se aproximando do equivalente a £ 1 milhão (mais de R$ 7,7 bilhões), e a maior parte foi paga pelo governo do Mali. Halima quase morreu por causa de uma hemorragia no parto.

Segundo os médicos, só sua barriga pesava quase 30 kg, composta pelos bebês e líquido amniótico. “Estar juntos como uma família é a melhor coisa do mundo, e damos graças a Deus o tempo todo. O mais importante é que estejamos todos bem e em segurança, e em ótimas mãos”, disse ela, recentemente.

Vida no Mali


O casal se casou em 2017 e tem outra filha, Souda, de 2 anos, que está aos cuidados de parentes. Kader é um marinheiro da Marinha do Mali e admitiu que cuidar da família seria um “desafio” financeiro. Eles moram em uma casa modesta de três quartos que, segundo ele, será ampliada para acomodar os dez filhos.

“Há muitos com o que nos preocupar, mas estamos principalmente cheios de pensamentos positivos”, disse Kader. “Nosso foco principal é cuidar de nossos bebês e levá-los para casa”, completou. Kader e Halima disseram se sentir abençoados, pois têm recebido “toneladas de mensagens de apoio de simpatizantes de todo o mundo que postam comentários emocionantes online”, disseram.

casal

Direitos autorais: reprodução Daily Mail.

Inicialmente, Halima foi informada de que estava grávida de sete bebês. Ela passou duas semanas no Hospital Point G, em Bamako, capital do Mali, antes de ser transferida para o Marrocos, graças à intervenção do então Presidente de Transição do Mali, Bah N’Daw. “Essas crianças são um presente de Deus”, disse o pai.


Enfermeiras criam polvos de crochê para acompanhar bebês prematuros e gravemente doentes

Artigo Anterior

Influencer causa revolta ao publicar tutorial de “como falar com empregada doméstica”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.