2min. de leitura

Pelo prazer de simplesmente não se importar, não querer fazer nada, apenas relaxar!

Dolce Far Niente: A delícia da ociosidade! Pelo prazer de simplesmente não se importar, não querer fazer nada e querer apenas relaxar!

Em um mundo onde as coisas não “podem” ser estáticas, onde se perder tempo é pecado, onde o que vale a pena é estar SEMPRE em movimento, o “dolce far niente” chega a ser uma afronta, um pecado.



Mas quem foi que disse que isso não é permitido?

Simplesmente desligar-se relaxar, aproveitar serenamente uma taça de vinho, um bom filme, uma boa música, um barulho de chuva, uma boa companhia!

Estou aprendendo cada dia mais a me deliciar, a me permitir os pequenos prazeres da vida, a viver um dia de cada vez, a curtir o momento presente. Aprendendo a me desligar e simplesmente deixar fluir. Let it be!


Se eu acordo sem vontade de correr, pedalar ou qualquer outra atividade que me obrigue a estar em movimento, que mal há em eu sentar no sofá e assistir a um filme?! Nenhum!

Não faço aqui apologia ao comodismo, ao sedentarismo, à apatia! NÃO! Longe de mim isso!
Apenas reivindico o direito de curtir mais a vida, quando essa vontade bater.

Jogue-se na dança da vida e seja feliz! Sem a obrigação de TER que fazer qualquer coisa sem vontade!

Eu ontem me permiti ficar jogada no sofá assistindo a diversos filmes, para depois beber minha cervejinha com amigos.


E assim é, um dia após o outro, e nunca iguais!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: gpointstudio / 123RF Imagens

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.