publicidade

Pensamentos tóxicos…

Todo mundo fala se muito em pessoas, pais e relacionamentos tóxicos… gostaria de abordar sobre pensamentos tóxicos que podem também nos levar a uma overdose e nos matar.



Matar não necessariamente físico, mas a pessoa que fomos, com uma personalidade e cognição saudável e por último como pessoas equilibradas, enfim , sermos envenenados por nós mesmos quando incorporamos o pior do que vivemos.

Pensamentos tóxicos geralmente vem por parte de um eu que adoeceu, pela estrutura familiar, aliado a um temperamento rígido ou sensível no qual ambos incorporaram muito bem uma cadeia de pensamentos destrutivos, negativos e até sabotadores da outra parte de nós que chamamos de um eu, ou parte de um ego saudável.

Ao longo da vida precisamos questionar nossos pensamentos, e buscarmos se são reais ou somente uma resposta de um eu flagelado.


Quando questionamos a veracidade desses pensamentos, só assim podemos direcionar e controlar emoções que levam nos a comportamos de forma não assertiva, e mais uma vez a inteligência comportamental perde seu valor se não tomamos as rédeas e gerenciamos ESSA tripide (pensamento, emoção e comportamento) para assim termos sucesso em uma mente saudável e consequentemente relacionamentos saudáveis. Vale ressaltar uma frase do Dr. Augusto Cury que a “Mente, mente “.
O primeiro passo é duvidar dos nossos pensamentos pra saber se veio de uma estrutura doente, na quais informações incorporamos e ligamos no automático nossas vidas sem se dar conta que o nosso sistema de psiquê pode estar falido e precisaremos de uma nova postura, dinâmicas e o mais importante corrigir tais pensamentos estruturados de forma doente e com uma necessidade urgente desse processo pensamento/emoção/comportamento serem corrigidos enquanto temos a chance de mudarmos e ter escolhas que conduz a um próximo capítulo mais feliz.

Patricia Cecconi


Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.