Pensar demais esgota a energia do corpo e traz prejuízos para a saúde!

Você tem o costume de pensar demais sobre absolutamente tudo? Tome cuidado, porque isso pode prejudicar muito a sua saúde!



O pensamento excessivo é um hábito para muitas pessoas, é como se elas nunca conseguissem se desligar de tudo o que acontece em seu interior e ao seu redor, e estão sempre pensando em como poderiam ter agido e criando estratégias para o futuro, sem nunca se concentrar em viver no presente, onde a vida realmente acontece.

Você se considera uma dessas pessoas e tem dificuldades de realmente aproveitar a sua vida sem preocupações? Certamente você não está sozinho! De acordo com um estudo da Universidade de Michigan, 73% dos adultos de 25 a 35 anos têm o hábito de pensar excessivamente, a média cai para 52% entre as pessoas de 45 a 55 anos, mas ainda assim continua alta.

Não é de se estranhar que esse número seja elevado, porque muitos enxergam os pensamentos excessivos como algo positivo para si mesmos, acreditando que esse hábito traz benefícios para as suas vidas. No entanto, a realidade é que a falta de controle dos próprios pensamentos pode trazer sérios riscos para a saúde.


Confira abaixo alguns dos prejuízos do desequilíbrio de pensamento:

1. O seu sono se desregula

É preciso estarmos com a mente calma para que consigamos descansar realmente, isso é algo praticamente impossível para quem luta com a intensidade de seus pensamentos, e pode acabar prejudicando seriamente a sua qualidade de vida.

David Spiegel, diretor do Centro de Estresse e Saúde da Stanford Health Care, ouvido pelo Huffington Post, diz que o excesso de pensamentos, especialmente os ansiosos, roubam-nos a calma de que precisamos para dormir da maneira certa, o que desregula toda a nossa rotina.



2. O apetite pode aumentar ou diminuir

Spiegel também explicou que as pessoas que pensam demais, muitas vezes, “comem por preocupação”, e que esse hábito funciona como uma espécie de calmante e distração para elas, que geralmente escolhem os alimentos mais gordurosos e açucarados, causando problemas de saúde.


3. Você se cansa com muito mais facilidade

A psicanalista Simone Demolinari explica em um artigo ao jornal Hoje em Dia que o hábito de pensar consome muita energia, especialmente quando pensamos por muito tempo sobre a mesma questão. Quando temos problema em nossa mente e não desviamos o nosso pensamento, ficamos seriamente cansados, como se estivéssemos corrido uma maratona e nos privamos de investir em atividades que nos ajudam a ser mais felizes e saudáveis.


4. A sua criatividade sofre

Um estudo realizado por pesquisadores do Reino Unido chegou à conclusão de que, quando determinadas partes de nosso cérebro e processos cognitivos estão descansados, sem sobrecarga de pensamentos, tornamo-nos naturalmente mais criativos e capazes de desenvolver ideias e soluções para as questões em aberto.


5. Suas energias se esgotam

Como mencionado anteriormente, os pensamentos requerem o uso de muita energia, e quando pensamos demais sobre qualquer coisa, nosso cérebro fica tão sobrecarregado que não consegue produzir nada significativo.

Laura Price, professora-assistente clínica do departamento de psiquiatria da NYU, disse ao Huffington Post que a energia mental acumulada em nosso interior pode nos deixar extremamente esgotados devido ao tempo em que permanecemos presos aos próprios pensamentos.

Como pudemos perceber, manter o controle dos pensamentos é fundamental para vivermos de forma saudável. Se você enfrenta esse problema, procure ajuda profissional para começar a colocar seus pensamentos em ordem e aproveitar a sua vida da melhor maneira possível.

Compartilhe este artigo com os seus amigos através das redes sociais!

 

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.