7min. de leitura

Perdoar para prosperar

Talvez você esteja se perguntando: o que o perdão tem a ver com a minha prosperidade?

Calma! Você já vai entender! Mas para isso eu gostaria de levar você a retomar algumas lembranças. Que tal voltar a sua infância? Eu tenho certeza de que, ao fazer uma visita ao seu passado, você se recordará que, desde a sua infância, você passou por mágoas e ressentimentos que ainda hoje deixaram feridas abertas em seu peito. A maioria dessas mágoas e dessas dores foram experienciadas com as pessoas mais próximas de você, com aqueles que estavam no centro do seu núcleo familiar, normalmente a sua mãe, o seu pai, irmãos ou algum outro parente, com quem você tenha convivido de uma forma mais íntima.


Em grande parte das situações, a mesma mágoa, dor ou ressentimento que você vivenciou em sua infância é reeditada através de outros momentos e ocasiões, algumas vezes com aqueles mesmos personagens e outras com novas pessoas que foram surgindo em sua vida.

Mas note que a emoção é a mesma. É o mesmo sentimento! A mesma dor que você sofreu em sua infância se repete e você continua sofrendo e sentindo aquela primeira dor, a qual um dia foi submetido. Ela apenas surge com uma nova roupagem.

Este sofrimento faz com que você se identifique com o papel da vítima e que passe a “jogar o jogo de acusações”.

E eu não estou dizendo que você não tenha sofrido ou que não tenha se machucado. Eu sei que isso ocorreu, bem como eu sei que isso se repete com uma nova roupagem. E é justamente para que essa repetição cesse, que você necessita se libertar do passado!


Enquanto você estiver identificado com aquela dor, com aquela mágoa, com aquele ressentimento, você estará preso ao seu passado e tudo isso continuará se repetindo em sua vida.

Você apenas se abrirá para novas oportunidades, apenas conseguirá fazer diferente no seu presente, se você se libertar dessas amarras.

Observe que é plenamente impossível ter uma vida plena e próspera no presente, enquanto você estiver identificado com a dor e o sofrimento do seu passado.

Se você bem observar, perceberá que apesar dessa dor se repetir, ciclo após ciclo em sua vida, na grande maioria das situações você sequer tem consciência do motivo pelo qual paoou por este sofrimento.


Você sente raiva, sente mágoa, culpa, vergonha, sente-se injustiçado, enfim, sente as mais diversas emoções inferiores, porém, sequer tem consciência do motivo de tais sentimentos terem surgido em sua vida. E aí, você segue numa vida de inconsciência total, segue numa vida de negação! Onde você nega o porquê de ter passado por tais experiências e o aprendizado que tais situações objetivam lhe proporcionar.

Essa negação, essa inconsciência, não é nada mais nada menos, que um mecanismo de defesa de sua mente. É a sua mente tentando protegê-lo dessa dor. A sua mente acredita que se você tocar novamente nessa ferida, se você investigar o motivo de ter passado por tais sentimentos, você vai sofrer novamente, por isso é melhor que você se esqueça, é melhor que não toque novamente na ferida!

É isso que a sua mente faz com você! Ela acredita estar protegendo-o, portanto, isso é apenas uma defesa. Essa defesa da mente é positiva em um determinado momento de sua existência, pois há aquele momento em que você realmente não está preparado para lidar com a dor, para curar a dor. Há aquele momento em sua existência que você ainda não está preparado para o aprendizado.

Porém, a partir do momento em que o despertar se inicia, esse mecanismo de proteção deixa de ser positivo e passa a ser prejudicial. Quando você dá início ao seu despertar, esse mecanismo da mente deixa de ser uma proteção e faz com que você aja mecanicamente.

Este é o momento em que você deve remover essa camada de negação. É o momento de entrar em contato com as dores, de aceitá-las, de reconhecê-las e de compreendê-las.

Apenas quando essa compreensão brotar em seu Ser é que você PERDOARÁ O SEU PASSADO. E é apenas perdoando o seu passado que você terá uma vida próspera!

Perceba que é impossível ser pleno, que é impossível ser feliz, ser próspero, ser abundante preso a um passado de dor e de sofrimento. Observe que as pessoas verdadeiramente prósperas possuem uma vibração elevada, vibram em sentimentos nobres, sentimentos de gratidão, de amor, de querer bem e de leveza.

Então, como atingir a prosperidade se você está vibrando o oposto?

Compreende que você necessita fazer as pazes com o seu passado para manifestar uma vida de abundância? Enquanto você estiver preso à dor, ao sofrimento, à falta de perdão, a sua vida continuará escassa, difícil e dolorida.

Por isso eu o convido a se abrir ao perdão. Eu lhe faço o convite a dar o primeiro e sincero passo para se liberar do seu passado.

A partir do momento em que você se dispuser a compreendê-lo, o perdão surgirá em seu ser e, automaticamente, você se abrirá para uma vida de gratidão, de plenitude, de liberdade, de leveza e de prosperidade.


Direitos autorais da imagem de capa: Ales Me on Unsplash





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.