4min. de leitura

Perdoar para ser forte, ser forte para perdoar

Você sabe perdoar? Quando escuta um pedido de desculpas qual sua real intenção na resposta?

Saber viver o perdão é permitir encontrar mais um pedaço na busca pelas peças do quebra-cabeça da felicidade.


Umas das grandiosidades do ser humano é o ato de perdoar. Mas nem todos sabem, de fato, perdoar o próximo ou ainda a si mesmos. Saber perdoar faz bem para a saúde! Descubra esse mundo do perdão e viva melhor!

Como dizia Gandhi: Os fracos jamais perdoam, perdoar é uma característica dos fortes.

Eis o ponto em que o perdão pode transformá-lo emocionalmente e até fisicamente. Quando não se vive o perdão, vive-se a mágoa, o rancor e ansiedade, o abrir espaço para os males do corpo e da alma.


Assim, nas amizades e nos relacionamentos mais íntimos, a estrada sem o perdão se torna curta e frágil. O caminho para uma vida social saudável de muitos amigos e até um grande amor depende do saber perdoar, pois quem não perdoa perde pessoas e ganha o vazio em sua vida.

Preparar-se para perdoar é formar camadas de pureza, de luz e positividade diante das ações dos outros e de si mesmo. Capacite sua alma com essa base para perdoar e não deixe penetrar em si a lama dos acontecimentos negativos.

Após a base pronta, prepare o coração. Neste primeiro degrau, perdoe o mundo e suas imperfeições, sinta a energia do amor que envolve o perdão e abra as portas do coração para esse sentimento. Perdoe em primeiro lugar sua vida até agora, por não ser, talvez, o que você imaginou ser, perdoe sua jornada até aqui.


Agora volte a atenção para as pessoas, todos que interagem com você. Perdoe-os. Todos erram, todos passam por momentos bons e ruins, sem julgamentos, saiba que todos pode ser luz e escuridão em algum momento da vida.

Saber perdoar o próximo é a etapa mais importante em sua evolução como um ser dedicado à bondade e ao amor. Perdoe o amigo, o companheiro, perdoe ações e palavras.

Não é necessário viver em um mundo cor de rosa. Perdoe os gestos, palavras e ações que possam ter ofendido seus valores. Corte laços com quem não lhe faz bem, mas, antes de deixar ir, perdoe.

Volte toda a sua atenção para dentro de si. Mergulhe nos seus pensamentos. Eles são leves ou pesados em relação a si mesmo?

Além de viver essa graça com o outro, é preciso também saber perdoar a si mesmo, incluir-se nesse todo em que todos erram e você é um deles.

Os erros são caminhos para o conhecimento. Perdoe-se pelo que fez e hoje não mais faria. Perdoe-se pelas “imperfeições”. Solte as palavras e enganos e seja quem você é.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: oksix / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.