publicidade

Permita-se mudar!

Desde criança eu já não me adaptava bem aos rótulos que a sociedade insiste em criar e manter. Também nunca gostei de dizer “sou assim”, “sou assado”, “sou ansiosa”, “sou cardíaco”, “sou negativo” e acredito que quando você diz que é algo, parece que aquilo se torna uma sentença.



A verdade é que somos muito mais do que nossas qualidades e nossos pontos a melhorar.

Somos muito mais do que um diagnóstico, do que um padrão de comportamento ou um resultado de perfil de personalidade. Somos muito mais do que diz o nosso signo e muito mais do que aquilo que nos aconteceu.

Nós podemos mudar todos os dias e a qualquer momento, não temos o compromisso de sermos sempre os mesmos. Podemos mudar a nossa personalidade, quebrar nossos padrões, abandonar crenças que já não são mais nossas, e algumas talvez nunca tenham sido. Podemos mudar de ideia, mudar de opinião sobre tudo, sempre.


Não é questão de falta de convicção, nem de ser volúvel, mas de perceber que se algo me faz mal, se um comportamento meu é nocivo, se eu firo alguém com algum tipo de opinião, eu posso mudar quantas vezes forem necessárias até me sentir confortável comigo mesma.

Quanto mais inflexível, mais duro consigo e com os outros e maior é o apego que desenvolve pelas coisas e pelas pessoas. Mas quando você se permite ser quem deseja, se torna mais leve, desenvolve o auto amor e a auto aceitação, exige menos dos outros, se frustra menos com as expectativas.

Permita-se mudar de cabelo, de namorado, de cidade, de emprego, de valores, de crenças, de opiniões, de estilos musicais, de filme favorito, do sabor da pizza, de turma de amigos e assim eleve a essência da sua alma e liberte-se para ser você e viver isso com integralidade.


Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.