publicidade

Permita-se ser o novo! Você é luz, manifeste essa luz agora!

Antes de você ser gerado por eles você era Luz. Você veio das Estrelas, era poeira cósmica e então veio “passear” por aqui.

Com o que você se identifica? Qual a sua tribo? Qual a sua história?



Esse personagem que você é hoje não é você. Você acredita que deve aceitá-lo, que deve ser da forma que lhe contaram para ser. Mas isso se chama identificação.

Acreditamos que devemos carregar uma história, que devemos carregar um “carma” e nos identificamos com toda essa história impregnada em nossas células, genética e DNA. Acreditamos em tudo que nos contaram e aceitamos essa história como sendo verdade, a nossa verdade.

Toda ideia que aceitamos como sendo verdade se torna muito poderosa dentro de nós, ela cria força, se torna um agente vivo em nossa mente. E quanto mais olhamos para esse “agente” mais forte ele se torna.


Então você me pergunta: Como não me identificar com a minha própria história? E a minha família?

Olhe para a sua história com gentileza, agradeça por tudo o que viveu e siga em frente. Faz parte da nossa história neste Planeta viver diversas emoções e experiências, mas chega um momento da nossa caminhada que precisamos entender que tudo são apenas experiências, que não precisamos mais nos identificar com elas. Agradecemos pelo positivo e negativo, então seguimos em frente sendo aquilo que há de melhor em nós.

Jesus já dizia, “abandone seu pai e sua mãe e me siga”.


Uma grande multidão caminhava com Jesus, Ele se volta para eles e lhes diz: “Se alguém vem a mim e não aborrece (odeia) a seu pai, a sua mãe e mulher e filhos e irmão e irmã e, ainda sua vida, não pode ser meu discípulo.” (Lucas, 14:25-26). 

A palavra “odiar”, na época em que foi escrita, queria dizer “amar menos”. O que Jesus quis dizer é que as famílias tinham suas crenças por tradições muito rigorosas naquilo que adotavam. Para as famílias e seus membros, desviarem-se das tradições era considerado escândalo, por isso era motivo de humilhação, portanto, de aborrecimento. Então, aquele que não se sujeitasse a abandonar as tradições de família, assim, como suas próprias convicções, não poderia aceitar e seguir Jesus. Jesus pregava uma renovação, considerada pelos tradicionais como revolucionária. Até hoje encontramos pessoas que afirmam que Jesus foi um revolucionário.

Acredite a partir desse momento que você é Luz…

Você não é a sua família.

Você não é seu pai e sua mãe.

Antes de você ser gerado por eles você era Luz. Você veio das Estrelas, era poeira cósmica e então veio “passear” por aqui. Mas você acreditou na história que te contaram e se identificou com ela.

Lembre-se que ideias são muito poderosas, cuidado com tudo o que você acredita.

Acredite a partir desse momento que você é Luz, que você é parte de algo muito maior do que sua família de sangue, mas de uma família cósmica. Sinta isso vibrando em todo seu Ser, deixe essa informação penetrar em suas células, moléculas, no seu DNA. Sinta como uma verdade absoluta.

Você pode se libertar de tudo aquilo que carrega e acreditava que precisava carregar, mas você não precisa mais. Apenas se conecte a essa verdade absoluta que os grandes Mestres Espirituais nos ensinam.

Você é Luz, manifeste essa Luz agora! Permita-se!

Beijo no coração,

Julle Parronchi

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.