4min. de leitura

Pesquisadores de Harvard explicam como o otimismo pode nos ajudar a viver mais tempo:

Você acredita que o otimismo pode nos ajudar a viver por mais tempo? Seis cientistas de Harvard fizeram um estudo e chegaram a exatamente essa conclusão.



Por que este estudo foi feito?

Essa pesquisa foi desenvolvida, principalmente, pelo grande volume de evidências que sugerem que os fatores do estilo de vida não são a única parte do quebra-cabeça de uma vida mais longa. Fatores de risco, como alcoolismo e tabagismo são importantes, mas a saúde mental também é.

Profissionais médicos estão mais interessados no relacionamento entre uma atitude positiva e a expectativa de vida.


Fundamentos do estudo

Abaixo estão alguns métodos usados pelos pesquisadores durante o estudo:


  • O estudo feito pelos pesquisadores de Harvard foi o primeiro a medir a relação entre otimismo e uma vida.
  • Os dados que os pesquisadores utilizaram para sua pesquisa foram baseados em um estudo extenso, realizado duas vezes por ano, com o objetivo de avaliar a saúde das mulheres.
  • Durante 8 anos, cerca de 70.021 mulheres foram avaliadas.
  • Entre as condições médicas estudadas estão câncer, doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais, doenças respiratórias e infecção.
  • Os “níveis de otimismo” também foram estudados em outros riscos de mortalidade, como pressão arterial, dieta e exercícios.

Descobertas do estudo

  • As mulheres com maior nível de otimismo, 25%, tiveram um risco de morte 30% inferior em todas as principais doenças: 52% menos risco de morte por infecção; 39% menos risco de morte por AVC; 38% menos risco de morte por doença cardíaca e doença respiratória; e um 16% menos risco de morte por câncer. Essas porcentagens se manteram, mesmo levando em consideração os fatores de alto risco.
  • Os níveis positivos de otimismo e os resultados de saúde foram constantes em todos os fatores de risco autorrelatados.

Significado das descobertas

De acordo com o principal autor do estudo, Eric Lee, as descobertas motivam o incentivo a prática de otimismo, pois esse se mostrou associada a comportamentos mais saudáveis ​​e melhores maneiras de lidar com a vida diária. Dr. Lee incentiva todos a praticarem diariamente o otimismo e a positividade em suas vidas, para uma melhor saúde e vida.

Por mais que tenhamos mostrado evidências científicas, os benefícios do otimismo vão além do campo da saúde. Confira abaixo:

  • Manutenção de um peso saudável
  • Menores níveis de resistência a inflamações
  • Aumento de antioxidantes
  • Fortalecimento do sistema imunológico
  • Pensamentos mais claros

Como ser mais positivo

Abaixo estão algumas maneiras de ser mais otimista:


  • Trabalhar para fortalecer sua inteligência emocional.
  • Praticar mindfulness, a prática de concentração nas experiências, atividades e sensações do momento presente.
  • Incorporar a gratidão em todas as suas ações.
  • Uso de afirmações positivas.

Você acredita que o otimismo pode nos ajudar a viver vidas mais longas? Compartilhe sua opinião nos comentários abaixo!

________

Direitos autorais da imagem de capa: baranq / 123RF Banco de Imagens

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.



Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.