PerdoarCiência

Pesquisadores revelam como o perdão pode melhorar sua saúde:

pesquisadores revelam como o

Não só isso, seu corpo depende disso.



Você precisa estar ciente dos perigos de guardar rancor, o que isso significa para o seu corpo e os benefícios do perdão. De acordo com John Hopkins Medicine, “a raiva crônica te coloca em um modo de luta ou fuga, o que resulta em numerosas alterações na frequência cardíaca, pressão arterial e resposta imune.

Essas alterações, então, aumentam o risco de depressão, doenças do coração, diabetes, entre outras condições. O perdão, porém, acalma os níveis de estresse, levando à melhoria da saúde.”

É por isso que tantas pessoas sábias falam de perdão, como Martin Luther King Jr., Mahatma Ghandi, Bruce Lee, John F. Kennedy, Buda, Oscar Wilde, Mark Twain, e outros. Para que não esqueçamos, o perdão verdadeiro é quando você quer o melhor para a pessoa que o ofendeu.


pesquisadores-revelam-como-o

Uma pesquisa do Journal of Health Psychology tem visto que o perdão por si mesmo, apagou a conexão do estresse com a doença mental, mas precisam de mais pesquisas sobre o porquê. O perdão pode ser aprendido? Boffins acredita que sim, e é por isso que profissionais de saúde mental tentam integrá-lo em sessões de terapia e trabalho em casa.

É muito importante pensar sobre sua situação e o que aconteceu com você, identificando-se com as causas de sua raiva reprimida e as encontrando na cabeça, tratando-as com amor-próprio. Se precisar, fale com as pessoas que causaram-lhe mal e as diga o que elas fizeram você sentir. Faça o que for preciso para libertar-se das cadeias da raiva, a chave para desbloquear a si mesmo é o perdão. É bom para a sua saúde em geral e faz de você uma pessoa mais positiva e orientada, com mais carisma e um entusiasmo pela vida.

Buda tem uma história inspiradora sobre perdão. Quando Buda falava com seus discípulos, um homem cuspiu em seu rosto. Ele limpou o cuspe e pediu ao homem para falar o que queria. Intrigado, o homem ficou fora de equilíbrio, pois essa não era a reação habitual a ser cuspido na cara. O homem voltou para casa e não conseguiu dormir naquela noite, claramente consumido pela experiência. No dia seguinte, o homem voltou a Buda e atirou-se aos seus pés, pedindo perdão.


Buda disse que ele não era o mesmo homem do dia anterior, que o rio continua a fluir e nunca é o mesmo novamente, e que cada homem é um rio e muita coisa acontece em vinte e quatro horas. Ele acrescentou que o homem também não era o mesmo. Ele tinha mudado de ser um homem que cuspiu na cara de alguém para um homem que se atirou aos pés da pessoa em quem cuspiu. Buda terminou, dizendo-lhe para se aproximar e falar de outra coisa. Nesta história, o perdão é implícito, mas mesmo assim fica claro para nós.

Nós terminamos com esta citação de Mark Twain: “Remissão é a fragrância que a violeta derrama no salto que a esmagou.” O perdão é o que você dá para ter uma vida saudável e feliz com cheiro de rosas.

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Power of Positivity


Isto é o que acontece com seu corpo quando você bebe muita água por 30 dias:

Artigo Anterior

Você merece coisa melhor do que ele(a) (e eu acho que no fundo você sabe disso)!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.