AtitudeAutoconfiançaFelicidadeMensagem de ReflexãoVida

A pessoa mais importante da sua vida: você!



Você tem feito tudo por si mesmo?

Tem feito o que gosta, tem lutado por seus ideais e sonhos?

Tem satisfeito suas vontades e desejos?


Se sim, está correto.

Você é uma pessoa que se considera importante o suficiente e faz tudo por seu bem-estar, seja físico, psicológico ou espiritual.

Porém, se não anda pensando muito em si, se tem se negligenciado, nem tem vivido tudo o que tem vontade de viver, está na hora de parar e refletir.

É necessário ser um pouco mais “egoísta”


e cuidar da pessoa mais importante de sua vida:

 eaee688ff0c5e882f670f7e4ef68b2d2f09f1231

VOCÊ!

Em muitos momentos, a vida nos pede para que estejamos prontos para o outro,


para aqueles com os quais convivemos e que amamos.

E não podemos fazer ninguém feliz em detrimento de nós mesmos. Esta não é a nossa melhor atitude.

Nunca estaremos bem e completos para o outro se não estivermos felizes com o que somos, satisfeitos com o que vivemos.

E insatisfeitos, nunca estaremos inteiros para aqueles que precisam de nós.


Se vamos guardando nossas frustrações em qualquer canto lá dentro de nós, um dia percebemos que algo está errado e, então, tudo se torna mais difícil. É necessário que não nos negligenciemos jamais, pois se queremos felicidade, ela começa na busca de nós mesmos, de nossos anseios.

Cabe a nós, e a mais ninguém, começar e recomeçar, mudar, viver, realizar e perceber que, se não formos pessoas realizadas, nunca poderemos fazer as pessoas à nossa volta felizes de verdade.

Pensando que fazendo pelo outro estamos fazendo por nós, erramos, ou até, sem perceber, assim justificamos nossa passividade.

 AMORP


E para amarmos verdadeiramente é preciso que nos amemos em primeiro lugar

e que sejamos exatamente aquilo que queremos ser.

Só a partir daí, então, é que estaremos preparados para amar e sermos amados também.


Texto Escrito por Rita Ribeiro

Nosso lar!

Artigo Anterior

9 dicas para conseguir realizar seus desejos de ano novo

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.