4min. de leitura

Pessoas verdadeiras são as que nos iluminam por dentro

Pessoas verdadeiras são as que nos iluminam por dentro. Por isso, a profundidade sempre será a medida dos verdadeiros, daqueles que carregam a pureza no sorriso, a bondade no coração e a grandeza na alma.

Tais pessoas são os verdadeiros tesouros e o verdadeiro sentido de tudo aquilo que enobrece, assim a nossa riqueza sempre estará presente naqueles que nos guardam em seu coração…


Benditos são aqueles que enxergam com a poesia dos olhos, que falam com a verdade do coração e que sentem com a plenitude da alma.

Benditos são aqueles que enxergam dentro de nós o brilho da nossa essência e que se contentam com aquilo que somos, não sentindo necessidade de olhar para aquilo que temos.

Benditas são as pessoas que entendem que amor não é sobre receber, mas é sobre estar disposto a se doar e plantar no outro tudo de melhor que há transbordando dentro do seu coração, benditos são os que o fazem!


Por isso, tenho sempre viva a certeza de que nós somos o amor que plantamos, a bondade que semeamos e é só isso que deixamos. Por isso, espalhar amor sempre será melhor do que semear dor. Espalhar amor é semear paz e estar disposto a distribuir felicidade pelos trajetos que trilhamos e sorrisos nos lábios daqueles com os quais tivemos a oportunidade de dividir os nossos caminhos.

Tenho clareza de que o voo mais bonito é aquele que nos leva para dentro do coração de alguém, pois, apesar de tudo, ainda existem pessoas que se contentam com laços verdadeiros e que tem em si a necessidade de reconhecer o outro pela boniteza que há em seu interior.

Assim, se há pessoas verdadeiras e se e há bonitezas na vida, não existem motivos para não haver brilho em nossos olhos e sorriso em nossos lábios.

Aprendi a decifrar as pessoas, a entender que todas enfrentam uma batalha e que não podemos ser aquele que julga, mas o que estende a mão; tenho aprendido que, mesmo que me magoe, um perdão sempre será mais libertador do que ser aprisionado por um sentimento de ódio que nos corrói por dentro; tenho aprendido que o ódio e a dor não valem a pena, devemos escolher semear o amor e a paz, pois essas sustentam os verdadeiros símbolos da felicidade.


Acima de tudo, aprendi que a fé nos torna cada dia melhores e nos faz capazes de ser tudo aquilo que é capaz de elevar a nossa alma e de florescer o nosso coração.

Por isso, gosto de saber que, mesmo que sejamos sempre inacabados, podemos ser cada vez melhores e é isso o que me impulsiona a não desistir do bem, não desistir de tentar mais uma vez, não desistir de semear amor e paz.

Não desistir de acreditar na esperança, não desistir de acreditar nas pessoas, não desistir de sorrir e, acima de tudo, não desistir de ter fé.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / milkos





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.