Notícias

Polícia prende falsos curandeiros que enganavam idosos para ganhar dinheiro

Policiais da 31ª Delegacia de Polícia (Planaltina) deflagraram a Operação Falso Curandeiro, na manhã desta quarta-feira (18/8), para desarticular organização criminosa acusada de cometer crimes de estelionato e furto mediante fraude em vários estados do Brasil.



Parte dos integrantes foi presa em flagrante em Itaberaba, na Bahia, município onde eles residem.

Segundo a Polícia Civil, o grupo explorava a fé de idosos, oferecendo falsas curas. Aproveitavam a situação de vulnerabilidade para subtrair cartões e senhas das vítimas, obtendo valores de contas bancárias e empréstimos.

No curso da investigação, verificou-se que a organização criminosa também praticava os crimes em diversas unidades federativas. Os policiais descobriram que os criminosos haviam retornado à Itaberaba-BA, QG do grupo, três dias antes da deflagração, com aproximadamente R$ 500 mil oriundos de golpes no estado de São Paulo e fizeram as prisões em flagrante.


Homem mata casal e fere jovem por acreditar que eles transmitiram Covid para seu pai e irmão que morreram da doença

Artigo Anterior

Mãe reclama que comissária a mandou colar máscara na sua filha de 2 anos

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.