ColunistasGratidão

Por favor, não desista! com gratidão e fé não há nada que não possamos fazer

Por favor

O que faz o coração bater mais forte merece ser celebrado, merece ser exaltado, merece ser vivido. Não é fácil! Às vezes, perde a cor, mas continue. 



Caminhe enquanto seu coração bater, e quando ele não bater mais, mude. Mude tudo. O caminho, a rota, o trajeto. Se tudo mudou e não tem mais graça, é porque você mudou, e agora novas portas se abriram, novos mundos se descortinaram.

Não tente agarrar um sonho que passou, ele passou, você mudou e está tudo bem.

Permita-se mudar, recomeçar, reiniciar o sonho. “Nunca desista”, apenas permita-se mudar quando aquilo não mais fizer sentido.


Permita-se chorar, descabelar-se e recomeçar. As possibilidades são infinitas. O mundo é gigante, há muito dele para ser explorado. 

Há muito de você para ser explorado. Há muito de mim para ser descoberto.

Tenho medos, confesso, afinal, não há garantias nessa vida. Certezas, então, temos apenas uma: a vida acaba.

Penso muito sobre isso, sobre o fim. Apesar de inevitável, é ele que legitima a vida, é ele que dá sentido a tudo.


Então, não tenha medo. Arrisque. Viva. Diga o que sente. Se não quiser mais, mude tudo. Ouça o bater do coração e vá em frente.

A vida tem um jeito curioso de colocar em nosso caminho as pessoas certas. Reconheça-as, aprecie-as. Agradeça.

Com gratidão, fé, coragem e um pouco de loucura, não há nada que não possamos fazer.



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF/Imagens.

Não guarde mágoas, o perdão nos liberta para seguirmos em frente!

Artigo Anterior

São tempos de constante busca pela reciprocidade

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.