ColunistasComportamento

Por muitas outras primeiras vezes…

Por muitas outras primeiras vezes

Coisa boa os primeiros e primeiras da nossa vida. O primeiro dia do ano. O primeiro dia de emprego. O primeiro amor de verdade. A primeira decepção que transformamos em aprendizado. A primeira vez que choramos de alegria. Fazer algo que jurávamos não ser capazes, pela primeira vez.



Coisa boa a primeira vez que ganhamos flores. Que realizamos um sonho. Que superamos a nós mesmos. Que somos reconhecidos. Coisa boa andar de bicicleta ou de avião pela primeira vez. O primeiro dia de aula. A primeira vez que usamos aquela roupa que queríamos comprar há tempos. O frio na barriga do primeiro encontro.

A capacidade de acordar e fazer deste dia algo único e especial, está em cada um de nós, basta sabermos despertá-la.

Não precisamos esperar a sexta-feira, o final de semana, o feriado, o final de um ano, as férias, para sermos felizes. Cada dia é único, e, portanto, especial.


Ninguém pode caminhar ou fazer escolhas por você. Seu destino, está nas suas mãos.

A estrada da sua vida só será trilhada, por seus próprios pés.

Li uma frase, um dia destes, mas não me recordo o autor: “Quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez? ”. A mais pura verdade!

Muito melhor que fazer algo pela primeira vez, é manter aceso o brilho nos olhos da primeira vez.


Para isso, basta ter foco, força e fé. A vida é aquilo que passa bem na frente do nosso nariz quando estamos distraídos pensando em problemas que existem ou que inventamos.

Por isso, quebre as regras, paradigmas, conceitos, medos e tabus. Acredite e você. Reinvente-se diariamente!

Os 7 erros mais comuns cometidos no primeiro encontro:

Artigo Anterior

Só fazem com você o que você permite, então, pare de permitir!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.