ComportamentoRelacionamentos

Por que aprender a ficar de boca fechada pode fazer o seu relacionamento muito melhor…

Você realmente precisa dizer a ele tudo que você pensa?



A maioria das pessoas acredita que é o  barulho exterior de nossos cronogramas de mídia social, notificações de telefone e infinitas formas de entretenimento ao nosso alcance, que acabam ficando entre os nossos relacionamentos . A verdade é: é o ruído na nossa cabeça que está nos causando o maior dano.

De acordo com um estudo realizado pela National Science Foundation , a pessoa tem em média  cerca de 50.000 pensamentos por dia. Isso é uma carga enorme para uma única pessoa.

shhh_3


verdadeiro problema surge quando você sente a necessidade de verbalizar esses pensamentos para o seu(sua) parceiro(a), na intenção de fazê-lo “entender”  a sua maneira de pensar  e a forma como você se sente.

Nós, quase que irremediavelmente, desejamos compartilhar nossos pensamentos quando nos sentimos inseguros, vulneráveis e negativos.

Seus sentimentos, emoções, dúvidas e medos estão  em suas mãos e é preciso           que você saiba como lidar com isso, é preciso aprender a gerencia-los, sem que você dependa de quem você ama  para resolver ou analisar estes pensamentos e sentimentos que são seus

É hora de parar de verbaliza-los para o seu parceiro encontrar um equilíbrio, para que você saiba quando realmente  é o momento adequado para calar, desligar-se ou falar.



Quando é hora de calar a boca:

A primeira coisa que você tem que se perguntar é: são os meus pensamentos reais (fatos) ou sentimentos (fantasias)?

Quando você responder a essa pergunta com um monte de “Eu sinto isso”, ou “eu acho que isso”, ou “Eu estou assumindo que,” é hora de você dar um passo atrás para gerenciar e refletir sobre essas questões consigo mesmo.


Por que você se sente assim? O que é que te conduz a esses pensamentos? Poderia ser um resultado de suas próprias inseguranças ou indecisões?

Se você está tendo dúvidas recorrentes ou medos, é em você que estão as respostas. Não há nada de mal em se sentir inseguro ou duvidoso de si mesmo, mas é preciso discernir para não levar todo esse  estresse ao seu relacionamento .

Adie falar sobre esses pensamentos até que você tenha uma melhor compreensão sobre o que você quer e sobre o que realmente quer falar e a real necessidade dessa conversa.



Quando é hora de falar:

casal-conversando-

Se você já pensou sobre o que está incomodando em seu próprio mundo e você percebe que seus pensamentos são desencadeados por fatos reais, que verdadeiramente necessitam de uma resolução, então é hora de falar.

Quando um determinado comportamento dele é o que está incomodando você, converse com seu parceiro sobre isso e trabalhem juntos para resolver essa questão. Você também deve descobrir uma maneira de lidar com isso, se (quando) isso acontecer novamente.


Mas certifique-se antes dos fatos – e evite trazer seus sentimentos ou emoções para a situação,  pois eles podem dimensionar o problema para algo que você decididamente não tem controle.

Fala-se quando há algo para resolver e quando você realmente estiver pronto para se concentrar na solução para tornar a relação algo melhor.

Uma vez que você se abre  e expressa toda a sua visão sobre os fatos, é hora então de se calar e ouvir o seu parceiro. Em vez de interrompe-lo, a julga-lo ou criticar, simplesmente fique quieto e ouça o que ele tem a dizer.

Retire o seu parceiro de sua própria montanha-russa emocional e assuma a responsabilidade de resolver os seus próprios pensamentos e sentimentos.


Quando você fizer isso, você irá criar uma relação estável, equilibrada e feliz!

______________

Por: Ravid Yosef – Traduzido e Adaptado pela Equipe de O Segredo

Fonte: Your Tango


Para você seu moço – que não sabe se expressar.

Artigo Anterior

Agradeça aos amores perdidos… Eles são fontes de sabedoria e entendimento.

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.