Notícias

Campanha VW Polo: o início dos comerciais direcionados para a comunidade LGBTQIA +

Foto: Reprodução
propaganda

Após a Volkswagen ter lançado uma propaganda do novo Polo com fotos de um casal homossexual, a história repercutiu nas redes sociais.

A propaganda é uma área que tem forte espaço midiático no mundo todo. São inúmeros assuntos tratados todos os dias a fim de conquistar o público com determinada marca, mas às vezes, certos assuntos geram questionamentos e polêmicas, como a inclusão da comunidade LGBTQIA + nos anúncios publicitários. Será que a sociedade ainda não está pronta para encarar uma sociedade mais diversa? Ou já passou da hora de evoluir?

A Volkswagen, uma das maiores fabricantes de automóveis do mundo, recentemente se posicionou em prol da comunidade LGBTQIA +, sendo um grande marco na história dos veículos, que sempre foram muito específicos para o público masculino. Nas redes sociais, a empresa publicou fotos de um casal gay na nova campanha do VW Polo, firmando-se a favor de maior espaço deste público para com as empresas automobilísticas. Na legenda, dizia: “Sabe o que evoluiu junto com você? O Polo.”

O casal que participou das fotos de campanha publicitária, são um par na vida real e, infelizmente, sofreram ataques homofóbicos. Mesmo sendo um assunto que devia ser normalizado, a campanha tem gerado grande repercussão nas redes sociais, divididos entre críticas homofóbicas e elogios pelo posicionamento da marca.

Imagem 1 Campanha VW Polo o início dos comerciais direcionados para a comunidade LGBTQIA

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @vwbrasil

Segundo fontes da UOL Carros, o público LGBTQIA +, atualmente, deve ser incluído cada vez mais nas peças publicitárias, independente do segmento das empresas. O chefe de comunicação da agência Motim, Silas Colombo, disse a eles que já faz algum tempo que o perfil de consumo brasileiro exige das marcar um posicionamento social mais forte, que inclua a diversidade, e que lançar um produto sem comunicar e incluir as minorias é o mesmo que abrir mão desse público, ignorá-lo.

Com a crescente tendência de inclusão no mercado, além de falar com todos os públicos e incluí-los nas jogadas publicitárias, também é um sinal de representação forte, já que todas as marcas e empresas têm grande visibilidade e papel fundamental na hora de propagar ideias e posicionamentos. Atualmente, a publicidade é uma ferramenta poderosa, capaz de entregar diversos assuntos de forma leve no dia a dia. O mercado publicitário mudou muito com o decorrer dos anos, bem como os consumidores, que agora, fazem questão de se relacionar verdadeiramente com as marcas que os representam e que correspondem aos seus posicionamentos sociais.

Imagem 2 Campanha VW Polo o início dos comerciais direcionados para a comunidade LGBTQIA

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @vwbrasil

Para Colombo ainda, as mudanças nas estratégias publicitárias das marcas chegaram para ficar, mas não são fechadas apenas a um foco específico da comunidade LGBTQIA +, tanto que, o VW Polo não é apenas para homossexuais, mas para todas as pessoas que quiserem adquiri-lo. Antes o que era marginalizado e excluído, agora, é cada vez mais trabalhado entre as empresas, que estão aprendendo a se comunicar com diversos públicos.

Murilo Moreno, ex-executivo da Fiat e Nissan, segundo a UOL Carros, avaliou a iniciativa da Volkswagen como uma marca que reforça a imagem de modernidade e, que apesar das críticas, acredita que ela continuará sendo desejada pelos consumidores. Para ele, não adianta fechar os olhos para esses assuntos de representatividade, é preciso entender e abraçar os diferentes perfis de consumidor que existem.

Imagem 3 Campanha VW Polo o início dos comerciais direcionados para a comunidade LGBTQIA

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @morenomurilo

Repercussão nas redes sociais

Na publicação da Volkswagen, tiveram vários comentários negativos e preconceituosos, entre eles: “Querem lacrar demais”, “Já era, não precisa disso”, “Deixando de seguir!”, “Apaga que dá tempo kkkkkkk”, “Eu nunca vou comprar essa porcaria.” e “Não quero mais um Polo!!”. Inclusive, o Polo chegou a ser chamado várias vezes de “pônei”, em referência aos homossexuais.

Porém, também tiveram pessoas que ficaram do lado dessa evolução e se sentiram mais representadas: “Todo o meu amor pela VW”, “Volkswagen do lado certo”, “Que lindo”, “O amor sempre vence!” e “arrasaram !!!!”.

Imagem 4 Campanha VW Polo o início dos comerciais direcionados para a comunidade LGBTQIA

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @vwbrasil

0 %