ComportamentoReflexãoRelacionamentos

Por que falar da nossa vida para um estranho é mais fácil do que contar a um parente?

Parece incoerente você confiar em pessoas que você pouco conhece e acabar contando coisas da sua vida particular e até mesmo aqueles segredos mais íntimos.



O que acontece é que há muitos jogos mentais, das quais você se torna escravo e é melhor você estar consciente disto. Quando há servidão, não há relacionamento e tudo que existe entre duas pessoas ou mais, entre um grupo ou uma comunidade é uma espécie de encargo, e onde há imposição nada pode ser livre e aí, começa o sofrimento, porém você sempre terá que ser responsável por todos os seus atos, neste caso, você não escapa do seu dever. Todo ato tem uma consequência e por esta razão não te livra do ônus, portanto o tipo de obrigação que quero tratar aqui, é algo um pouquinho diferente.

POR QUE É MAIS FACIL - FOTO 01

Não estou dizendo que todo relacionamento é negativo, não é isso, jamais. Há relacionamentos que embora não sejam perfeitos, por que eu não acredito em perfeição quando se trata do ser humano, mas em relacionamentos onde cada um entende os limites do outro e o respeito é mantido, então jamais será uma obrigação, pois ninguém fará nada mais ou nada menos do que gostaria de fazer e desse modo não há razões para não se sentir confortável com aquelas pessoas mais próximas.


A culpa não está no outro, mas em si mesmo, onde você transformou o relacionamento em algo obrigatório, deixando de ser algo natural. Ficamos condicionados a fazer aos outros, coisas que impomos a nós mesmos como uma imposição e nem se quer perguntamos ao outro se este realmente queria o que nós dispusemos a oferecer.

O verdadeiro relacionamento só pode existir quando não nos sentimentos presos, e isso inclui, marido e mulher, pais e filhos, religião, amigos, e sociedades em geral. É por essa razão que muitas vezes acontece de você contar coisas a estranhos que jamais contaria para alguém da sua família. Com estranhos não há amarras, você não se sente obrigado a nada, ou muitas vezes você se sente à vontade falando com o seu cachorro por mais ridículo que pareça, por que entre ele e você não há ego, não há competição, e menos ainda algum dever. Há apenas um bom ouvinte.

POR QUE É MAIS FACIL - FOTO DE CAPA E FOTO 02

Quando nos encontramos com estranhos ou com aquelas pessoas que pouco conhecemos, mas que de alguma forma nos inspiram confiança, sentimos um tipo de liberdade para falarmos das mais diferentes coisas com essa pessoa da qual pouco sabemos. Essa interação não exige elos, correntes, então somos impulsionados a nos desabafar abertamente. O real relacionamento nos liberta, é prazeroso e nos faz conviver bem com nossos semelhantes. Não existe exigências, pressões, sufocamento. Nada é forçado, então você age com naturalidade, se expressa sem precisar medir palavras deixando tudo fluir naturalmente. Você só precisa ser realmente quem sempre foi.


Nossa mente pode nos libertar ou nos escravizar. Tudo depende de como nos relacionamos com nós mesmos. Conhecer a si mesmo é ter consciência de quem realmente somos.

 

Os opostos se atraem, mas os semelhantes se acertam!

Artigo Anterior

Prometa coisas a si mesma que poderá cumprir!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.