ColunistasEnergias

Por que os pensamentos negativos se sobressaem sobre os positivos?

Por que os pensamentos

Não é a coisa mais divertida do mundo falar dos tais pensamentos negativos. Aqueles que rondam nossa mente ficam ali à espreita só esperando algo em nossa vida ser contrariado para tomarem lugar como protagonistas das nossas pequenas histórias cotidianas. É chato? Muito!



Eles são pertinentes? Sempre. Há quem consiga lidar com eles de forma tranquila, quem os entenda e os dispense com uma facilidade incrível! Só que este talento é para poucos!

Existem várias explicações do por que os tais pensamentos negativos superam os positivos. Um deles que pode ser aceito até por questões religiosas diz que a terra é um mundo de expiações e aqui para o Brasil vieram muitas almas que precisam resolver vários carmas. Tem muita negatividade pairando no astral, uma energia densa.

Outros dizem que é nossa falta de controle mental. Pode ser o tal do inconsciente coletivo, que carrega uma multidão que pensa: ‘eu já sabia’.


Diante de uma mente que não sossega no dia a dia, nós precisamos funcionar socialmente. E isto significa, justamente, controlar os próprios impulsos, principalmente, os do contra.

Que tal segurar mais os momentos felizes? Por que eles são tão fugazes? E por que os pensamentos negativos nos corroem a alma por um tempo tão prolongado? Talvez sejamos condicionados a pensar que as coisas têm uma chance maior de não funcionarem ou pelo menos da maneira com o que desejamos.

É necessário um pouco de dedicação, uma boa dose de vontade e muita determinação para alimentar o que é bom e fazer com que esta sensação se prolonguem por mais tempo. Já percebeu como sorrimos pouco ou por tão míseros segundos?

Na menor dificuldade, nós nos sabotamos automaticamente. Tomamos tudo o que acontece como algo pessoal e nos culpamos por coisas sobre as quais não temos controle. Os pensamentos negativos impedem que a gente pense com lógica. Então, há punição e crítica incessantemente.


Como resultado, toda vez que surge um problema, temos uma grande chance de perder a autoestima e a autoconfiança.

Esse tipo de pensamento faz com que nos tornemos nosso pior inimigo, já que estamos tropeçando constantemente. Quando algo acontece, parece que só conseguimos ver os extremos.

Num olhar claro para a realidade, sempre surgem os imprevistos e as coisas podem tanto dar certo como dar errado. Encarar essa realidade, ao invés de negá-la, é fundamental, especialmente porque há fatos que mesmo os pensamentos positivos mais fortes não podem alterar. O negócio então é saber lidar com eles e com os atalhos mentais que nos ludibriam.

Vai ficar tudo bem. Pode ser que esta frase não esteja totalmente certa dentro de um contexto da nossa vida. Em muitas ocasiões, até tudo se ajeitar é cada perrengue que aparece, cada dúvida para sanar e cada obstáculo para superar que pode se tornar um livro. E haja jeitinho para lidar com as frustrações. Há quem ainda tenha baixa tolerância a estas frustrações.


Cuidar dos pensamentos é importante. Um pensamento bom pode desencadear outro tão bom quanto. Vale a pena tentar. Se aparecer um não tão agradável, sinalize para você mesmo que quer voltar a sentir a sensação do pensamento bom. É importante trabalhar o hábito de identificar quando pensamentos corriqueiros tanto bons quanto não tão bons nos acontecem. A partir daí, trabalhar para permanecer com o bom e eliminar o que não faz bem.

O cérebro nos engana! Saiba disso. E ele não pode ter tanto poder assim.

A forma como pensamos acerca de nós mesmos, das outras pessoas e dos acontecimentos pode ter um impacto importante sobre o nosso humor e o rumo da nossa vida.

Faça uma listinha de tudo o que de errado e ruim você fica ruminando e acha que pode acontecer. Lá na frente, depois de um tempo, dê uma olhada nesta mesma listinha. A maioria do que o seu cérebro determinou que poderia dar errado, nem aconteceu. Conclusão: Ele está sempre nos ludibriando. Aprenda isso e faça a vida funcionar positivamente!



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O segredo: 123RF / Imagens


Quem termina também sofre!

Artigo Anterior

Depressão se tornará a doença mais incapacitante do mundo até 2020, diz OMS

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.