Reflexão

Por que pessoas abusivas/narcisistas estragam datas comemorativas?

capa Por que pessoas abusivasnarsicistas estragam datas comemorativas
Comente!

Elas querem sempre controlar suas vítimas ou mantê-las sob o seu poder.

Você já se perguntou por que pessoas abusivas/narcisistas têm a capacidade de estragar datas comemorativas? Pessoas com esses tipos de transtorno de personalidade são compostas por basicamente dois elementos: inveja e raiva. Elas não conseguem sentir genuinamente alegria, amor e gratidão, porém percebem que as outras pessoas podem senti-los. Com isso, ficam com raiva, provocada pela inveja, quando percebem que o outro, além de parecer genuinamente feliz, não é o centro da produção daquele sentimento.

A pessoa abusiva/narcisista entende que tudo tem de vir dela, precisa ser o centro de todas as emoções de sua vítima, sejam elas boas ou ruins. Precisa estar sempre no controle de tudo e geralmente utiliza datas comemorativas para marcar a vítima com seu comportamento. Comumente, impede sua vítima de comemorar as datas onde ela quer ou simplesmente some no dia, briga com ela ou com quem ela ama, humilha, reclama, faz de tudo para que a vítima se sinta mal e/ou culpada.

Abusivos/narcisistas têm um grande poder de manipulação, a intenção é fazer com que a vítima se sinta tão mal a ponto de assumir a culpa por estar feliz. Fazem com que sua “presa” se sinta sozinha e inadequada, para que então eles sintam que estão no poder e no controle em relação a essa vítima. Eles planejam diversas ações para lhe tirar a alegria e só se sentem bem quando conseguem seu intento.

Pessoas com esse comportamento podem ser capazes de qualquer coisa! Agem com cautela para que a vítima não entenda que está sendo manipulada, eles fazem todos os tipos de jogos mentais possíveis, mexem com os pensamentos e emoções de suas vítimas de forma que, muitas vezes, passa despercebido, ainda mais quando essa pessoa em questão é alguém de quem essa vítima gosta ou em quem confia. Nunca passaria pelo seu radar que aquela pessoa lhe faria algum mal.

Pessoas com esses comportamentos não têm uma “cara”, podem parecer alguém comum, que sorri e deseja “bom dia” para as pessoas na rua, que tratam bem os outros que quase não conhece e, quando você vê na rua, jamais imaginaria que aquela pessoa poderia ter esse tipo de comportamento.

Mas quando isso é reconhecido e passamos a entender que convivemos com pessoas assim, precisamos deixar a emoção de lado e buscar compreender o motivo de certas atitudes, não devemos achar normal quando alguém só tenta diminuir você, colocando-o pra baixo, fazendo sentir-se culpada. Entenda que, nessa relação, seja ela amorosa ou não, existe algo de errado! Reconhecer isso é o primeiro passo para se libertar desses tipos de pessoas.

Se for passar por datas comemorativas próximo de um abusador, a atitude mais correta é reduzir o valor e a expectativa no comportamento dele, tratar suas reações como insignificantes e simplesmente ignorar. Sempre se alimentarão de reações emocionais e farão de tudo para se tornar o centro. Se você os ignorar, provavelmente, eles tentarão fazer algo ainda pior para então chamar a sua atenção.

As duas características mais marcantes de uma pessoa abusiva são a inveja e a raiva, então não permita que esse tipo de pessoa continue tirando sua paz e felicidade. Não caia no jogo dela, não a deixe estragar seus momentos, suas reuniões familiares, não se contamine com a raiva e a inveja dela. Compreenda que ninguém muda ninguém, nem tente! Essa é uma atitude que a pessoa precisa ter. Não fique se desgastando nem esperando que essa pessoa tenha um comportamento melhor dessa vez. Busque no seu interior o equilíbrio e não se culpe por atitudes de terceiros.

Comente!

É papel dos pais apresentar aos filhos a vida como ela é, e não dizer como vivê-la

Artigo Anterior

A hipocrisia rola solta! Estes 5 signos são os mais falsos moralistas do zodíaco 

Próximo artigo