Comportamento

Entenda por que Princesa Charlotte não pode ter melhor amigo na escola!

Foto: Instagram
charlotte

No segundo ano da escola, a Princesa não tem permissão para manter um melhor amigo onde estuda!

Sabemos que a vida da família britânica não é comum e igual as outras famílias do mundo. Todas as coisas que rondam a realeza britânica são cheias de regras estipuladas muito anteriormente, com cerimônias tradicionais e grandiosas, bebês reais e muitas outras coisas deste universo tão singular.

A Princesa Charlotte, de 6 anos, filha do duque de Cambridge, William e de Kate Middleton, bem como, a quarta na linha de sucessão ao trono, estuda na escola Thomas’s Battersea desde 2019, junto com o seu irmão mais velho, príncipe George, de 8 anos. De acordo com o The Sun, neste colégio, a princesa não pode ter um melhor amigo, mas isso é uma regra da própria escola.

Ainda segundo o The Sun, durante o talk show “Loose Women”, a apresentadora Jane Moore, comentou sobre algumas informações sobre a escola em que a Princesa Charlotte estuda, principalmente sobre suas regras. Segundo a apresentadora, o Thomas’s Battersea é um colégio excelente e uma de suas regras é que todas as crianças são desencorajadas a terem melhores amigos.

picture

Direitos autorais: Reprodução/Instagram

Assim, não é somente a Princesa Charlotte que não deve ter melhores amigos, pois na escola, os alunos são motivados a se “misturarem” e fazer amizades com todos os coleguinhas de classe, sem diferenças entre eles. Além disso, há uma política de que, se uma criança fizer uma festa, só pode distribuir convites nas aulas caso todos os alunos da classe sejam convidados, de modo a ninguém se sentir excluído.

Porém, não são somente a Princesa Charlotte, Príncipe George e os outros alunos que precisam se enturmar e fazer amizades com todo mundo. Os pais dos alunos também são muito incentivados a se envolverem com as atividades da vida escolar, para que também motivem seus filhos.

A apresentadora afirmou ainda que William e Kate Middleton estão muito envolvidos na vida escolar da Princesa Charlotte e do Príncipe George, e que são bastante práticos. Regularmente, ambos são vistos no Thomas’s Battersea fazendo a corrida escolar.

Jane Moore disse que um dos principais motivos da escola ser boa, na verdade, é porque realmente se concentra na bondade, que é muito frisada no colégio, além do cuidado pastoral que também é incrível. No talk show ainda, ela diz que o local tem placas em todos os lugares, que encoraja os alunos a serem gentis.

Além disso, a apresentadora do “Loose Women” também revelou como é os primeiros dias dos alunos no colégio, no qual eles precisam se acostumar com o ritmo, com aulas, brincadeiras com massinha e outras coisas. A recepção do Thomas’s Battersea costuma ser muito calorosas.

A escola é muito tradicional, porém, coisas como fonética do alfabeto são atividades que muitas escolas não fazem mais. As crianças, atualmente, aprendem a ler e escrever rapidamente com outros tipos de atividades.

180364905 284054473408648 4304179020822910200 n

Direitos autorais: Instagram

O Thomas’s Battersea se descreve como uma escola cristã, que também é aberta às crianças de outras religiões. No colégio, que tem cerca de 566 alunos, entre 4 e 13 anos, há aulas de arte, balé, música e educação física. Eles acreditam que o elogio é o maior motivador das pessoas e fazem isso constantemente com seus alunos. Além disso, ensinam que a bondade é tão importante quanto o sucesso acadêmico.

De acordo com as informações do The Sun, o valor para estudar no Thomas’s Battersea é de £ 6.429 (aproximadamente R $39.000,00) por período, ou £ 19.287 (aproximadamente R $118.000,00) por ano. Porém, a Princesa Charlotte é cobrada apenas por £ 6.305 (aproximadamente R $38.000,00) por período, por ter desconto de irmãos na matrícula.

0 %