ColunistasReflexão

Porque aquele que pede recebe, o que busca encontra e ao que bate se abre

Porque aquele que pede

Você não vive sem dar voz a si mesmo!



Quando iniciamos a nossa jornada de autoconhecimento, nossa maior busca é sobre a nossa origem, de onde viemos, para onde vamos e o que estamos e precisamos fazer aqui; e esse é um momento mágico pois tudo começa a contribuir para que finalmente nos reconectemos com a nossa essência verdadeira.

Porque aquele que pede recebe, o que busca encontra e ao que bate se abre.

Parece ser místico falar sobre isso, e não é, pois somos realmente “seres espirituais passando por uma experiência terrestre” e aqui devemos ser e fazer o nosso melhor, e temos uma voz a ser entregue aqui, temos uma ação a ser realizada para o bem de uma quantidade de pessoas necessárias.


O nosso estado de tristeza nos mostra o quanto estamos desconectados da nossa missão, do que realmente devemos fazer aqui e essa apatia nos orienta que não estamos entregando o recado que fomos designados.

Pense assim: você entrega um bilhete para uma criança para que ela entregue a alguém, mas o caminho é longo e tem tantas distrações, coisas belas e feias, e essa criança começa a se distrair, olha para os lados e se detém no caminho, mas no fundo ele sabe que precisa entregar o bilhete. Mas o caminho tem tantos prazeres momentâneos, que ele resolve ficar ali um pouco, daí resolve sentar-se, deixa o bilhete de lado e começa a brincar… e de tanto entretenimento, esquece o real motivo de passar por ali… então o bilhete simplesmente voa e agora ele precisa primeiro encontrar o bilhete para continuar a caminhada.

Aqui estamos nós, procurando o nosso ”bilhete” para assim entregarmos a quem importa receber. Neste momento precisamos nos refazer, nos conectar com quem nos deu a missão, para assim iniciarmos nossa jornada novamente.

Aqui começamos a ouvir nosso coração, pois ele guarda nossa caixa de tesouros – Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração. [MT- 6:21].


Nosso coração é nosso depósito de felicidade, ele nos guia para nossa real natureza, mas há uma camada de medo, preocupação, vergonha do que vão pensar, crenças e tantas outras coisas que ouvimos no decorrer da vida, que nos fazem recuar a cada passo necessário, e aqui devemos como heróis travar lutas diárias para não nos determos na estrada, mas “matar” o monstro necessário para vencermos nossa batalha!

Por isso eu lhe digo, continue… não pare! Entregue o recado do universo e viva a vida feita para sua felicidade!

O que você faz dentro da sua missão é para sua própria sobrevivência. É o seu combustível de vida! As pessoas podem continuar sem ouvi-lo, sem vê-lo, mas você não vive sem dar voz a si mesmo.

Eu lhe desejo muita coragem!



Direitos autorais da imagem de capa: Franco David on Unsplash


O que você faz fora das redes sociais?

Artigo Anterior

Seja a companhia que você quer ter. A função do ser humano é ajudar, mesmo que com palavras

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.