4min. de leitura

Porque é mais difícil voltar a se apaixonar por alguém que o feriu…

Você não sente no início, ainda está apaixonado pela emoção das segundas chances e o universo trazendo a pessoa que você amava de volta a sua vida…

O problema com o coração partido é que ele nunca realmente vai embora, ele não sai do seu sistema e você não pode apagá-lo de sua memória. Mesmo que você perdoe, nunca vai esquecer e, mesmo se você decidir começar de novo, vai sempre se lembrar de como as coisas terminaram ou como costumavam ser antes de você ser ferido.


Você não sente no início, ainda está apaixonado pela emoção das segundas chances e o universo trazendo a pessoa que você amava de volta a sua vida, você ainda está apaixonado e tentando descobrir o quanto mudou e se emocionou ao ver a pessoa de novo.

As coisas dão certo por um tempo, até que a pessoa faça algo que aciona desgostos passados, algo que fez antes, quando você começou a perceber que era o começo do fim e tudo volta para você, te assombra a noite, te deixa mais guardado e menos confiante, seu ego começa a diminuir e sua mente começa a avisá-lo de que essa pessoa vai machucá-lo novamente, e você será apenas o tolo que teve o coração partido duas vezes pela mesma pessoa.

Quando esses sentimentos chegam, você percebe que seu amor reavivado nunca será puro, será manchado com o sangue das feridas antigas e trará as cicatrizes de volta.


Você vai perceber que realmente não pode amar essa pessoa com todo o seu coração, não pode realmente dar-lhe todo o seu coração, porque na última vez que o fez, ela o quebrou.

O problema em voltar para a pessoa que o machucou é que ela é muito capaz de fazê-lo novamente, porque sabe como.


O problema com a dor é que ela é multiplicada quando vem da mesma pessoa que a causou.

Nós nos apaixonamos para aliviar nossa dor e encontrar alegria nos momentos mundanos, mas às vezes, quando damos a certas pessoas outra chance no amor, tornamo-nos cautelosos em vez de nos libertarmos. Tornamo-nos teimosos em vez de vulneráveis, nos testamos mais, nos questionamos mais, e isso simplesmente tira a beleza de nos apaixonarmos.

Quando você percebe que as coisas nunca mais serão as mesmas com alguém porque ele quebrou seu coração uma vez, talvez você deva perdoá-lo sem amá-lo novamente e dar uma chance a outra pessoa.

Talvez dificultamos o amor porque estamos sempre deixando as pessoas erradas voltarem para nossas vidas, em vez de convidarmos novas pessoas.

Talvez precisamos aprender a amar de novo, precisamos de alguém para nos ensinar como, e às vezes isso não virá de alguém que nos ensinou mais sobre dor e angústia do que sobre amor. Talvez só precisamos dar as primeiras chances antes de darmos as segundas chances.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Thought Catalog





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.