ReflexãoRelacionamentos

Porque estar sozinho é melhor do que estar em um relacionamento ruim

Conforme crescia, você provavelmente viu muitos filmes e programas de TV que retratavam as relações como uma espécie de conto de fadas, sem nenhum tipo de problema. Infelizmente, todos os relacionamentos passam por provações e tribulações, e esses desafios podem fortalecer ou enfraquecer a relação do casal. Dificuldades na estrada existem em qualquer relacionamento, mas se você se sente estressado, ansioso, deprimido, ou qualquer outra emoção negativa a maior parte do tempo em seu relacionamento, sua saúde física e mental pode estar em uma espiral descendente.



Muitas pessoas sentem medo de ficar sozinhas e por isso preferem ficar em um relacionamento doentio, mas isso pode custar-lhe a sua sanidade mental e energia, a longo prazo. Os cientistas descobriram que isso pode ser verdade, e revelam porque você fica melhor sozinho do que em um relacionamento ruim.

porque estar

Na realidade, todos nós gostaríamos de ter relacionamentos bons que não nos dessem qualquer dor de cabeça, mas com a situação do mundo de hoje, isso simplesmente não é realista. Todo casal vai passar por seus altos e baixos, mas a chave para um relacionamento saudável é trabalharem juntos como uma equipe, e se conectarem profundamente em muitos níveis. Casais devem apoiar e encorajar um ao outro, mostrando abundância de amor e carinho ao longo do caminho. Cada uma das partes deve tomar tempo para ouvir e compreender plenamente o seu parceiro durante as discussões ou desentendimentos. Respeito, confiança, comunicação e amor têm de existir para um relacionamento de longo prazo funcionar. Vocês ficam juntos através dos tempos difíceis, apoiando um ao outro ao longo do caminho e celebrando os bons tempos enquanto duram.


Pesquisadores da Universidade de Buffalo em Nova Iorque estudaram os relacionamentos de casais da parte rural de Iowa, e descobriram que ficar em uma relação doentia prejudica muito mais a saúde do que ficar solteiro.

“Levamos em conta a satisfação, hostilidade do parceiro, perguntas sobre a crítica, apoio, bondade, carinho e compromisso”, diz Barr. “Nós também perguntamos como os parceiros se comportam fora do relacionamento. Será que eles se envolvem em comportamentos desviantes? Existe antisociabilidade geral? ”

A pesquisa revelou que quanto mais tempo as pessoas ficam em relacionamentos de alta qualidade, ou quanto mais rápido saem de relações pobres, mais sua saúde geral melhora.

“Não é estar em um relacionamento que importa; é estar em uma relação de alta qualidade e de longo prazo.” Relações de baixa qualidade são prejudiciais à saúde. Os resultados sugerem que é melhor para a saúde ser solteiro do que estar em um relacionamento de baixa qualidade.”


porque estar2

O estudo, publicado no Journal of Family Psychology, refletiu descobertas semelhantes de um estudo anterior realizado pela mesma equipa de investigação da Universidade de Buffalo. Antes deste estudo recente, realizaram outro estudo e descobriram que relações instáveis e pobres tiveram um impacto direto na saúde dos participantes. Aqueles em relacionamentos saudáveis relataram mais sintomas depressivos, problemas de álcool e pior saúde geral.

Olhando para ambos os estudos, descobriram resultados semelhantes em cada um, sugerindo que ficar solteiro beneficia a sua saúde e bem-estar muito mais do que estar em um relacionamento doentio, instável.

“Os benefícios de saúde começam a ser gerados de forma relativamente rápida com os relacionamentos de alta qualidade e contextos de apoio.”


Barr continua a dizer que no mundo de hoje, os jovens adultos raramente permanecem com o mesmo parceiro romântico, especialmente na sua transição para a vida adulta.

“A maioria dos nossos entrevistados não é casada, mas essas relações são ainda impactantes para a saúde, para melhor ou para pior.”

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Power of Positivity


Para a menina que não sabe o seu valor

Artigo Anterior

Talvez um dia nós sejamos algo

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.