Animais

Porteiro encontra cão perdido e recusa recompensa de R$ 5 mil: “Nem tudo é dinheiro”

Direitos autorais: arquivo pessoal.
capaporteiro encontra cao perdido e recusa recompensa de R5mil nem tudo e dinheiro

O humilde porteiro fez a felicidade da família do cão e mostrou a bondade do seu coração. Confira!

As pessoas verdadeiramente honestas não precisam de nenhum tipo de recompensa para fazer o bem. Um porteiro de Guarujá, litoral de São Paulo, recentemente provou isso. De acordo com uma matéria do G1, Cláudio José Santana Claudino encontrou, no último dia 15, o cão Tom, que havia fugido de casa no último dia 10.

Os donos estavam oferecendo R$ 5 mil de recompensa por causa do amor pelo animal e sua importância na família, mas José recusou, rejeitando um benefício financeiro apenas por ter feito o que era certo.

Bruna Maistro Bernardes Vieira, de 26 anos, dona de Tom, havia deixado o animal com sua adestradora, que já era acostumada a cuidar do border collie de um ano e meio, para viajar com o namorado.

Tom estava bem com a cuidadora, no entanto, assustou-se com fogos de artifício durante uma partida de futebol do Campeonato Brasileiro, e saiu correndo. Como o condomínio da mulher não era fechado, não houve como manter o animal no local, que acabou fugindo e não sendo mais visto.

2porteiro encontra cao perdido e recusa recompensa de R5mil nem tudo e dinheiro

Direitos autorais: arquivo pessoal.

No dia seguinte, Bruna e o namorado começaram a procurar o animal e a publicar anúncios nas redes sociais, na expectativa de encontrar Tom o quanto antes. Para motivar ainda mais a busca pelo cão, que tem problema no coração e precisa de medicação, eles começaram oferecendo R$ 1 mil a quem encontrasse o animal. Como Tom não aparecia e eles ficaram ainda mais preocupados, fizeram uma vaquinha com a família e conseguiram aumentar a recompensa para R$ 5 mil. Na última quinta, Tom foi finalmente encontrado.

Cláudio estava chegando ao condomínio em que trabalha quando avistou o animal, levou-o até o estacionamento para mantê-lo seguro e entrou em contato com a família. O porteiro ficou sabendo da busca pelo cão através da sua esposa e o reconheceu por conta de sua pelagem.

Como Bruna não atendia às suas ligações, Cláudio enviou um vídeo do cão pelo WhatsApp. Assim que acordou, a dona do cão foi ao condomínio, com o namorado, para levar seu amigo para casa. Quando mencionaram a recompensa, o porteiro humildemente se negou a receber o dinheiro. Cláudio disse que o que o deixa mais feliz é ver a felicidade do próximo e que isso faz parte dos seus princípios.

3porteiro encontra cao perdido e recusa recompensa de R5mil nem tudo e dinheiro

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Ele também disse que “a palavra de Deus nos ensina que nem tudo é dinheiro” e que virou uma chacota por não ter aceitado a recompensa, mas que o que realmente importa é eles estarem felizes. O porteiro finalizou dizendo que dinheiro ele conquista com seu trabalho, mas a felicidade do outro não tem preço.

Bruna e o namorado mostraram verdadeira gratidão pela bondade de Cláudio e disseram que puderam perceber que ele é um homem trabalhador e do bem. Uma prova incrível de bom caráter. Parabenizamos o porteiro por seus valiosos princípios!

0 %