Pratique a liberdade pessoal e a arte da assertividade. Deixe de dar explicações sobre tudo o que você faz!

3min. de leitura

E quando precisamos dar um passo para trás?



Quantas vezes na vida desejamos tanto algo, mas estamos tão à beira do abismo, que não temos impulso para chegar no lugar que queremos?

É nesse momento que precisamos ter a humildade de dar um, dois, três passos para trás ou quantos forem necessários para ter o impulso certo para chegar lá…

E voltando, podemos descobrir coisas que deixamos de ver quando passamos rápido demais, e que serão de grande aprendizado do outro lado.

Não adianta querer ir para o outro lado sem impulso, pois certamente cairá, e para subir é mais difícil, machucado, fraco, sozinho e no escuro faltará forças rapidamente durante a escalada, mas não é impossível, somente mais difícil.


Sempre que precisamos voltar para trás, já começamos a imaginar o que vão pensar? Vêm  os pensamentos de derrota, de fraqueza… , na verdade, somente os fortes são humildes o bastante para admitir que precisam de mais força e mais impulso…

E quanto às opiniões?!?… Liberte-se!

Não viva, dando explicações para cada coisa que você faz: essa é uma fonte de estresse desnecessária. Não há necessidade de justificar o seu jeito de ser a quem já julga você por ser diferente, por ser único. Quem o ama, o respeita. Portanto, evite cair na cultura do “o que vão dizer” e proteja a sua intimidade e suas crenças.

Uma coisa que caracteriza a sociedade atual é que existem padrões para tudo: desde o aspecto físico, até o que se considera “biologicamente” normal, como casar, ter filhos, etc. A pressão social e, inclusive, familiar, obriga-nos,  frequentemente. a ter que dar explicações para cada coisa que fazemos (ou que decidimos não fazer).

Pratique a liberdade pessoal e a arte da assertividade. Deixe de dar explicações sobre tudo o que você faz: quem gosta de você não precisa disso, e quem não o respeito, entenderá o que quiser.

As pessoas vão ver em você o que elas querem ver e não quem você realmente é, por isso, aproxime-se Daquele que não o julga, porque é quem verdadeiramente conhece o seu coração.


Não tenha medo de voltar, o seu impulso será ideal para a sua evolução e pode acontecer que, quando você abrir os olhos sem o medo de quando estava em frente ao precipício, descubra que naquele grande buraco foi construído uma ponte para você passar…

Tudo na vida são escolhas, e se você escolhe viver pelo seu coração e não pelo julgamento de outros, você vencerá!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.