Reflexão

Preciosa vida, viver-te-ei com todas as minhas forças!

preciosa vida

“Minha preciosa vida, peço-lhe desculpas por todas as vezes em que não valorizei a dádiva que você me oferece a cada dia, por cada oportunidade de mudança e crescimento recusadas.Mas agora sou uma nova pessoa, minhas inseguranças e medos não me paralisam mais, meus preconceitos foram rompidos e tudo o que eu desejo é viver da melhor forma que puder. Eu desejo celebrar, dançar, cantar, amar, sorrir, viver de verdade. Agora nós estamos verdadeiramente conectados, e merecemos a verdadeira felicidade.”



Imagine se todas as vezes em que nos sentíssemos desmotivados, disséssemos isso para a vida e para nós mesmos!

Essas palavras são poderosas e, muitas vezes, fundamentais para provocar inflexões e até mesmo um despertar interior. No entanto, por mais que precisemos, nem sempre temos a motivação e força necessárias para assumirmos um compromisso tão sério com nós mesmos e com a vida, mesmo sabendo que nos levarão a dias melhores.

Cada dia que acordamos e saímos para o mundo e para a vida propriamente dita, estamos vivendo um processo de tentativa e erro, que nos permite progressivamente alcançar os nossos objetivos de tranquilidade, estabilidade, bem-estar e, finalmente, felicidade.


Para encontrarmos a verdadeira essência plena da vida, no entanto, precisamos de paixão.

Como nos ensinam Carl Rogers e Abraham Maslow, dois dos principais representantes da psicologia humanista, nós somos os únicos donos e responsáveis por nossa própria realização. Dessa forma, devemos trabalhar todos os dias em direção a ela, focando no crescimento e felicidade. Carl Rogers faz uma observação muito importante sobre o poder da ação nos seres humanos quando diz que poucas coisas são mais importantes para o ser humano do que se verem como seres funcionais e com o poder de mudar o seu arredor através de uma mentalidade flexível, sensação de liberdade, autoconfiança e abertura para experimentar.

Outros psicólogos acrescentam a paixão na mesma abordagem de Rogers através do que recebeu o nome “o propósito apaixonado”. Em sua opinião, para que nós sejamos capazes de criar um impacto positivo em nossas vidas, precisamos da paixão para enfrentar os desafios, eliminar os medos e nos motivar a seguir em frente. As pessoas que escolhem viver com paixão entendem que para tudo existe um motivo e há um propósito no mundo.

O conceito de felicidade sofreu transformações na sociedade atual. Atualmente, muitos associam felicidade com a posse de recursos financeiros e bens materiais, como carros, celulares, roupas e até mobílias. Essa realidade nos desconecta daquilo que verdadeiramente importa e nos preenche com uma felicidade fugaz e momentânea.


Mas a verdade é que podemos ser felizes de verdade com o que temos e em todos os momentos, mesmo em meio a dificuldades.

Abaixo estão três aspectos fundamentais de uma vida feliz e completa:

  • Propósito apaixonado. Como mencionado anteriormente, para que vivamos verdadeiramente felizes, é necessário descobrirmos e trabalharmos nas paixões que nos definem e motivam. Para isso, devemos ter em mente que nossas ações devem se alinhar com nossos valores e interesses.

  • Pensamento consciente. Por mais que nossas emoções influenciem grandemente na forma como nos comportamos, é necessário tomarmos atitudes racionais e firmes para criarmos uma realidade feliz. Um exemplo das atitudes que devemos tomar é nos afastarmos de pessoas tóxicas, por mais que sejam próximas. Atitudes como essa requerem um pensamento racional e coragem.
  • A vida feliz também precisa ser disciplinada, caso contrário perdemos de vista nosso principal objetivo e ficamos perdidos em gratificações imediatas. Pessoas felizes têm atitude, investem em seu crescimento e não desistem do que querem.

Para criarmos uma vida mais significativa e iluminada, precisamos ser pessoas motivadas, disciplinadas e corajosas. Ao adotarmos esses hábitos e incorporá-los em nossas rotinas, estamos capacitados a vivermos nossa verdade e nos mostrarmos para o mundo como os seres humanos únicos que realmente somos.


____________

Direitos autorais da imagem de capa: osons / 123RF Banco de Imagens

Os melhores relacionamentos são aqueles em que você nunca esperava estar…

Artigo Anterior

Será que chegou a hora de desistir?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.