3min. de leitura

Precisamos reaprender a amar. Amor é cuidado, respeito e liberdade.

Amar é aprendizagem…

O tempo todo estamos modificando o mundo ao nosso redor e sendo modificados por ele.



Quando crianças, num primeiro momento, mordemos as coisas e nos arrastamos no chão, sugamos instintivamente um seio em busca de alimento. Toda essa ação de buscar a alimentação respalda o nosso contato com o mundo, o modo como nos sentimos seguros. O mundo nos abriga por longos anos de vivência.

Quando criança, é o nosso cuidador que tende a nos ensinar a fazer carinho nos animais, a abraçar os nossos parentes, a nos aproximar afetivamente daqueles que nos cercam.

Aprendemos a dividir os alimentos com os irmãos, a esperar que apesar de se ter um bolo pequeno, todos comam um pedaço, porque talvez o que importa não seja a quantidade que tinha para cada um, mas o quanto cada um se sentiu cuidado e amado ao perceber que lhe foi guardado um pedaço.

Assim como o bem, cada dia na vida carrega o seu próprio mal. Dessa forma cada instância de vida carrega a sua própria ingenuidade. Crescemos sempre distinguindo o que pode ou não ser feito em determinado local. Crescemos com grandes amarras.


Internalizamos nossos desejos, nossa forma de viver para ser aceitos na forma em que muitos escolheram para viver, um aglomerado de massas, a sociedade.

Confundimos amor com relacionamentos repleto de brigas, frustrações e unilateralidade. Confundimos sucesso com likes e roupas caras.

Alguns relacionamentos trazem ao outro até mesmo uma espécie de anulação, privação de liberdade. Como podemos deturpar as coisas, não é?

Olhe para a sua criança interior, para a sua fase mais ingênua. Amor é cuidado, respeito e liberdade.


Sucesso é paz interior, é curtir também aquilo que não é postado, é in person.

Talvez o que aprendemos esteja esquecido, precisamos reaprender a amar, precisamos aprender a acolher, precisamos dessa nova chance.

______________

Direitos autorais da imagem de capa: bakharev / 123RF Imagens

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.