Notícias

“Preciso de ajuda para criar meu neto”, desabafa mãe de Eliza Samudio

Foto: Reprodução
mae eliza 1

A Sônia Moura, de 56 anos, decidiu criar uma vaquinha virtual após se deparar em uma grave situação financeira. O seu marido, Hernane Silva de Moura, era a pessoa que sustentava a casa, no entanto, encontra-se em estado vegetativo após passar por várias paradas cardiorrespiratórias. Agora, a mãe de Eliza Samudio enfrenta dificuldades em conseguir pagar o aluguel, água, luz e demais despesas para criar o neto, o Bruninho.

A mulher, que mora no Mato Grosso do Sul, se divide entre os cuidados da casa, com as visitas ao marido na unidade hospitalar. Além disso, a Sônia cuida dos sogros idosos, ambos com mais de 80 anos.

Segundo o jornal O Tempo, a Sônia disse que o Bruninho, fique de Eliza Samudio com o goleiro Bruno, não recebe nenhuma ajuda financeira do pai. “O dinheiro será só para pagar as contas e principalmente deixar o aluguel pago por algum tempo. Não é fácil precisar de ajuda, meu marido é um trabalhador comum e honesto, que infelizmente não tinha dinheiro guardado. O pouco que tínhamos no banco já foi usado. As contas e gastos médicos ficaram muito pesados. Preciso criar meu neto. O pai dele não auxilia o filho em nada, mas tudo está na Justiça, então prefiro não falar disso, nem muito menos lembrar dele”.

Em finalização, agradeceu quem pôde contribuir com a vaquinha. “Agradeço muito a Deus pelo conforto e forças, aos meus amigos pela criação da vaquinha e por todo auxílio diário que recebo deles”.

Eliza Samudio e goleiro Bruno

Direitos autorais: Reprodução/Instagram

Sônia foi criticada na internet

Após se deparar com o grave estado de saúde de seu marido, a Sônia Moura, mãe de Eliza Samudio, decidiu fazer uma vaquinha online na internet, a fim de arrecadar fundos para os gastos de sua residência e vida pessoal. Visto que, é seu marido o provedor do dinheiro da família. No entanto, tal ação foi vista com olhares negativos pelos internautas, que julgaram a atitude da mulher, mandando ela “trabalhar” e “conquistar o próprio dinheiro”. Além de Sônia cuidar do neto, filho de Eliza – ela é a responsável por cuidar da casa e dos sogros, que têm mais de 80 anos.

Com o intuito de esclarecer sobre o financiamento coletivo, em entrevista ao portal Terra, a Sônia explicou sobre sua situação financeira – bem como os motivos pelos quais a levaram pedir ajuda nas redes sociais.