Comportamento

Prefeita encontra entulho e móveis velhos jogados em estrada e despeja tudo no quintal do responsável

Em busca de uma solução imediata, a prefeita resolveu adotar uma estratégia diferente, pedindo que todo o lixo despejado na estrada fosse levado de volta e despejado na casa do responsável.



O lixo é um assunto de que pouco falamos, mas que definitivamente precisa de soluções e abordagens urgentes, principalmente porque todos produzem, mas quase ninguém sabe exatamente como descartá-lo.

Segundo o Panorama dos Resíduos Sólidos, da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), o Brasil é o país da América Latina que mais produz lixo, 40% do total gerado.

Muito desse lixo é descartado de maneira incorreta, sem a devida separação, misturando lixo orgânico com lixo reciclável, fazendo com que todo material que poderia ser usado como adubo seja completamente descartado. Outro hábito não apenas registrado no Brasil é o despejo de entulhos em áreas abandonadas ou ermas, transformando terrenos em verdadeiros depósitos de doenças.


Na França, uma situação inusitada aconteceu na comuna Boutigny-sur-Essonne, quando a prefeita Patricia Bergdolt ordenou que os serviços municipais devolvessem os entulhos jogados em uma estrada departamental para o responsável por seu despejo.

Segundo reportagem do Le Parisien, ela costumava se deparar com a mesma situação pelo menos uma vez na semana, e como o local é isolado e no meio da mata, acabava se tornando atrativo para grandes depósitos de lixo.

Direitos autorais: reprodução Twitter/@Boutigny91.

Para identificar o responsável não foi fácil, a prefeita e a equipe responsável pela limpeza da área vasculharam os vários sacos de lixo e os eletrodomésticos em busca de alguma pista. No meio dos objetos pessoais descartados, Patricia encontrou o endereço e o nome do morador em uma assinatura de jornal sido jogada fora.


Ela e os servidores municipais então tomaram uma atitude no mínimo inusitada. Na hora do almoço, foram ao endereço indicado e, por cima do portão, simplesmente “devolveram” todo o lixo descartado incorretamente na estrada, surpreendendo a todos que assistiam à cena.

A magistrada e sua equipe fizeram questão de devolver o entulho ao seu remetente original, ajudando a preservar o meio ambiente local. A prefeita ainda explica que, caso o morador queira abrir um processo, terá que lidar com a queixa municipal de despejo ilegal, que aplica uma multa de até R$ 9.200 aos infratores.

Direitos autorais: reprodução Twitter/@Boutigny91.

Como ela e sua equipe não invadiram a propriedade e apenas devolveram o que era dele, por cima do portão, Patricia acredita que acabou lhe fazendo um favor, livrando-o da multa e dos possíveis serviços comunitários que teria de fazer.


“Muito sexy.” Modelo expulsa de shopping por roupas conta que ameaçaram chamar a polícia para tirá-la

Artigo Anterior

Whindersson Nunes desabafa sobre pressão da mídia e confessa vontade de desistir

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.