Comportamento

Presidente do Chile é multado em R$ 17 mil por andar sem máscara em praia

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, foi multado em $ 2,5 milhões de pesos (ou cerca de R$ 17 mil, na cotação atual) por andar sem máscara de proteção facial na praia, segundo informou a rede de TV local CNN Chile.



A multa foi aplicada pela secretaria de Saúde da região de Valparaíso.

“Na resolução se estabelece uma multa de 50 UTM [Unidade Tributária Mensal], o que equivale a $ 2.551.450 pesos”, disse a nota da secretaria.

Piñera foi flagrado no dia 5 de dezembro ao pousar para uma selfie ao lado de uma outra pessoa não identificada.


Após críticas, Piñera pediu desculpas, e um porta-voz do governo explicou que ele estava andando sozinho pela praia no balneário de Cachagua, no centro do país, onde tem uma casa, quando foi surpreendido pelo pedido da selfie.

O Chile tem regras rígidas que exigem o uso de máscaras em todos os locais públicos, inclusive ao ar livre, e as violações são puníveis com sanções que incluem multas consideráveis e até penas de prisão.

Na semana passada, as autoridades de saúde do Chile anunciaram um novo lockdown na capital Santiago, depois que o número de casos de coronavírus aumentou 18% na região.

O ministro da Saúde, Enrique Paris, explicou que a medida, foi concebida para evitar uma quarentena total.


O que achou da notícia? Qual sua opinião?

Responda nos comentários e compartilhe em suas redes sociais.

Especialistas defendem que presos tenham prioridade na vacinação contra covid-19

Artigo Anterior

Britânicos começam testes com vacina spray contra a covid-19

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.