Notícias

Presidente do PT diz que partido vai rever privitização da Eletrobras se Lula voltar ao poder

lula 2

Após participar de um debate com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre os preços dos combustíveis e da energia elétrica nesta sexta-feira, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou que o processo de privatização da Eletrobras será revisto caso o partido volte ao poder.

Pode ser que a gente não volte ao governo e eles concluam essa barbaridade, mas se voltarmos, temos obrigação com o país de rever um processo desse — disse a petista, após o debate realizado pela Fundação Perseu Abramo, o braço acadêmico do partido.

Gleisi ainda afirmou não acreditar que o processo de privatização será concluído antes da posse do novo presidente, em 1º de janeiro. O modelo definido para a venda da estatal está sendo analisado, no momento, pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Acredito que eles não vão conseguir concluir, mesmo com o TCU aprovando. Está complexo. É um modelo muito ruim. Mas acho que seria prudente para quem está querendo comprar que esperasse.

Caso Lula seja eleito e o processo ainda estiver em andamento, a ideia é revisar completamente o modelo.

Com certeza seria revisado porque esse é um crime de lesa pátria — disse a presidente do PT.

Além de Gleisi e Lula, participaram do debate a ex-presidente Dilma Rousseff, o senador Jean Paulo Prates (PT-RN), o ex-ministro Aloizio Mercadante, presidente da Fundação Perseu Abramo e o ex-senador Jorge Vianna (AC).

0 %